TCC: O que saber, o que fazer, como lidar

Pânico, medo, estresse, desafio, discordância, ponto de vista, dificuldade, ansiedade, conflito, incerteza. Alívio, orgulho, possibilidade, crescimento, responsabilidade, humildade, conhecimento.

Todas essas palavrinhass foram o resultado de tudo o que aprendi, treinei e pratiquei durante o meu TCC. Hoje, vim falar sobre esse processo que a maioria das pessoas passou ou vai passar durante a vida acadêmica, e que só de ouvir falar, dá aquele susto!


O Trabalho de Conclusão de Curso nada mais é que uma pequena morte que te deixa louco. Brincadeira! O TCC é o trabalho final que vai te graduar no seu curso da faculdade. Trabalho esse que consiste em pesquisa, tempo, monografia, e todas as outras coisas grandes que assustam. 
Quando entrei na faculdade em 2013, ansiosa que sou, já comecei a pensar em como seria o meu tcc, mas tanta coisa muda durante os anos de faculdade que não vale a pena gastar energia com isso logo no início, então essa é a dica número 1.

- Primeiro, mantenha a calma e não pule etapas

O melhor momento para começar a pensar no tema do seu TCC é na metade do seu curso, porque você vai ter uma boa base de conhecimento específico e, principalmente, vai se conhecer melhor pra saber o que realmente quer fazer. Para escolher o tema certo, é preciso checar a viabilidade da pesquisa, de fontes e/ou base teórica. 
Quando tudo isso tiver ok, as primeiras frases vão começar a surgir.

- Seu tema tem que ter impacto, relevância e originalidade, não importa se você é de exatas, humanas ou biológicas. Mostrar um trabalho especial é o caminho para o sucesso. (Chavão, mas é a mais pura verdade!). Meu tema, por exemplo, foi "Assédio sexual e Vestuário feminino nos espaços públicos de Salvador". Legal, né? Forte! A cara do meu curso de Jornalismo. Mas antes de chegar aí, até "Aquecimento Global" foi cogitado, então... Não né? Pense com muito carinho, tema é algo que demanda tempo!

Escolha um assunto que você domine, goste, mas que ao mesmo tempo seja fácil de trabalhar e que te faça aprender a cada dia. É importante construir facilidades durante o caminho, pois é um processo árduo e cheio de dificuldades. Por exemplo: aquele autor nem sempre vai te ajudar, ou você pode se decepcionar com o que conseguir no primeiro mês, vai ter que cumprir mil prazos, etc. Então é necessário estudar o que você sente paixão e fugir de tudo o que é comum e que já exista.

- Você precisa estar motivado o tempo todo, senão, não sobreviverá

Depois que tiver o tema, comece a filtrar o que realmente acrescentará o tcc em termos teóricos. Use e abuse dos professores que orientam, eles são as luzes no fim do túnel.

Se seu trabalho for em grupo (como o meu foi obrigatoriamente), prefira formar uma equipe com pessoas que tenham afinidade de tema e que trabalhem bem juntas, como uma engrenagem, porque é um trabalho imenso e lidar com personalidades diferentes é muito difícil. Esqueça os amigos nessa hora, tcc pode abalar amizades. 
Se o grupo não for obrigatório, faça sozinho e tenha sempre um cronograma e um controle do que está feito e do que está por fazer.

- Organização é tudo! Ajuda a lidar com a pressão envolvida e com a quantidade de coisas que precisam ser feitas.

Lembre que é um processo. Hoje pode ter sido um dia ruim, mas amanhã vai ser um dia bom. É importante ter em mente que sua saúde psicológica tem que estar bem, e nos dias que não estiver (serão vários dias assim), relaxe, pense em outra coisa, tire um dia de tranquilidade e depois retorne. 
O estresse é uma certeza e vai predominar, mas se puder deixar de lado por algumas horas, vai ser de grande ajuda

Deu pra ter uma noção? Agora vamos resumir:

- Prepare-se, você vai ter que trabalhar muito
- Busque a excelência, sempre! Nada melhor que se formar com orgulho de você mesmo
- Tenha calma, paciência, tranquilidade. Consigo mesmo e com os outros
- Tire vantagem do que puder. Da Internet principalmente! (com responsabilidade)
- Não se desespere, nem entre em pânico. Você vai lidar com vários sentimentos, mas é natural
- Enxergue as coisas como um grande aprendizado
- Otimize seu tempo. É um trabalho grande, mas não é um bicho de sete cabeças. Se você usar o dia bem, não precisa usar a madrugada. Seja esperto e organizado!
- Lembre-se sempre que você fez uma escolha, faça isso sabiamente e evite o arrependimento durante o percurso
- Seja crítico e sofistique seu trabalho a cada correção
- Ensaie sua apresentação para a banca final. É legal mostrar confiança e domínio do que vai ser falado no último momento

O que você realmente precisa saber é que esse trabalho é o primeiro "trabalho da sua vida", vai determinar sua graduação e que é importante levar a sério. O que você precisa fazer é conduzir o processo da maneira mais correta possível: pesquisando muito, lendo muito, perguntando e tentando responder ao mesmo tempo. 
Praticar a auto-crítica para crescer como estudante e no final se sentir seguro o suficiente pra defender sua pesquisa é o que finalizará seu trabalho com maestria. E para tudo isso dar certo, você tem que lidar com calma e tranquilidade, a verdade é que no final dá tudo certo. Basta aliar competência com trabalho árduo, assim como eu fiz. 

Digo pra vocês, é estressante demais, muito choro e nervosismo envolvidos, mas é revigorante, valeu MUITO a pena simplesmente pelo orgulho que a gente sente com o resultado, afinal "o trabalho digifica o homem". 
Boa sorte!

Mais dúvidas? Só falar aqui embaixo!
Mais fotos e novidades lá no meu instagram

Beijos!




Nenhum comentário:

Postar um comentário