outubro 20, 2016

Minissaia tem história?

by , in
Uma peça feminina, básica, versátil, julgada, pré-conceituada e amada. Claro que existe história por trás da minissaia! 

Quem gosta e acompanha, sabe que moda é mais que um pedaço de pano, é uma identidade, uma forma de expressão que carrega impacto e relevância.  Como eu disse logo no início do blog, em janeiro passado, é uma extensão do pensamento.

A minissaia hoje é uma peça difundida em todas as partes do mundo, mas começou lá atrás como uma ferramenta usada pelas jovens "rebeldes" para se destacar e fazer algum tipo de diferença.


Símbolo da moda em meados dos anos 1960, a minissaia foi fruto da Swinging London, que foi um movimento que enfatizou a efervescência cultural e as novidades do mundo moderno na capital inglesa. Pautada pelo crescente consumismo que começou no fim dos anos 50, e pela juventude desenfreada, a minissaia veio cheia de conceitos libertários e desafiadores.

Nomes como André Courrèges e Helen Rose são citados pelos conhecedores de história da moda como precursores das saias, mas o termo "minissaia" foi obra da estilista Mary Quant que era apaixonada pelo carro Mini. Lembrando que Pierre Cardin e Yves Saint Laurent também criaram coleções de minissaias, todos nesse mesmo período do boom da cultura pop.


Naquela época, as mulheres tentavam se desprender dos padrões de vestimenta patriarcais, que já eram antiquados na década em que viviam. As minissaias traziam liberdade, eram práticas e facilitavam os movimentos.

Foto: QuidRides
A estilista Mary Quant já mencionou em entrevistas que desenvolveu a bainha mais curta nas saias exatamente porquê as mulheres da época buscavam emancipação e libertação. Fora o conforto, né? Se despir daqueles panos todos deve ter realmente sido um alívio e uma vitória!

Mostrar a pele era um ato verdadeiramente feminista, e o feminismo nada mais é que a prática de direitos iguais para todos os gêneros, sem radicalismos!



A liberdade que a escolha de uma roupa mais curta traz para a vida de uma mulher, nada tem a ver com vulgaridade ou deselegância. Uma peça de roupa é um traço da personalidade de cada indivíduo, o que diz se uma pessoa é vulgar ou não são atitudes, não escolhas de vestuário. Vale refletir!


Estudando sobre o assunto, soube que as força da minissaia foi tão grande na época de sua estreia, que as boutiques de Londres não conseguiam acompanhar a demanda das jovens. Mary Quant, também dona da loja inglesa Bazaar, construiu sua primeira coleção com destaque à minissaia porque foi inspirada pelas meninas da época a ressaltar a indepedência que a peça poderia trazer. Incrível, né? As mulheres também buscavam mais diversão na hora de se vestir. Acabaram com a chatice do mundo! Vamos aplaudir!


Vocês acreditam que a minissaia chegou a ser proibida na Holanda? Mas não durou muito. Aquela geração, proveniente do movimento hippie, era tão consciente de seus direitos humanos e ideais que não deixou por menos e lutou até conseguir. Genial!


O que podemos concluir de toda essa história é que moda é a objetivação de um ideal, de um sonho, uma vontade. É algo que existe para libertar, desprender e inovar. A minissaia é um fato. E é daqueles que a gente pode arriscar dizer que será vivido por toda a eternidade.

Preciso explicar o tema do post de hoje, que é de extrema importância pra mim. Estou no processo de TCC na faculdade (em breve, jornalista!) e meu tema é  Assédio sexual e o Vestuário feminino. Nas leituras, estudos e análises que fiz, a história da moda esteve e está presente. Venho aprendendo tanta coisa nesses últimos meses que seria injusto não compartilhar com vocês!

Espero que tenham gostado de conhecer mais um pouquinho sobre essa parte tão interessante e importante da história da moda mundial!
Tem mais lá no instagram

Beijos revolucionários!



outubro 17, 2016

#GarimpoModalissa - Luigi Bertolli e Renner

by , in
Olá, meninas!
Resolvi fazer mais um garimpo no shopping pra vocês. Hoje escolhi as duas lojas de fast fashion mais sofisticadas na minha opinião: Renner e Luigi Bertolli. Montei e achei alguns looks bem bacanas e vim mostrar por aqui.

Confesso que os preços não estão tão maravilhosos assim, até porquê estamos já no meio da estação, então a queda dos preços já passou!

Mas vamos lá, montei looks bem legais, ideais pro dia a dia e vocês conferem agora:

-Luigi Bertolli


Adoro esse estilo basic-chic. Escolhi essa blusa baby look cool (R$39,90) que com a calça flare jeans (R$99) dá o tom de estilo para aquela saída de fim de tarde.
Detalhes!
E esse macaquinho rosé rendado, gente? Um amor né? Tava de R$119 por R$89. Super versátil, composto e de bom gosto.

Detalhes!
Também tinha na opção branca! Pra quem vai passar o réveillon na praia é uma ótima escolha:


Amo a Luigi Bertolli porquê sempre acho peças bem girlie e românticas no meu estilo e com materiais bons e preços justos! 

Renner


Adorei a bata preta! Ela estava por R$49,90 e combinou bastante com minha sainha da Luigi Bertolli (R$39)
Ideal para uma produção mais arrumadinha.


E esse, gente? Transforma a combinção offwhite+jeans em algo bem despojado! É uma blusinha quase creme ombro-a-ombro (R$35,90) com esse short jeans da nova coleção (R$89,90 - achei salgado).

Super comfy!

Achei esse look um arraso pra um jantar ou um aniversário à noite. É um cropped rosa com mangas ciganas (R$39,90) e uma saia de couro fake rodada (R$35,90). E aí, aprovaram?

Em breve volto com mais garimpos pra vocês!
Tô esperando lá no instagram viu?

Beijos garimpeiros! 
outubro 09, 2016

5 looks com tênis branco

by , in
Hoje vamos falar de uma tendência que veio para ficar: O Tênis Branco!

Confesso que não aderi ao início da "modinha" logo quando surgiu, primeiro porquê não sou a pessoa que mais segue tendências logo quando chegam, segundo porquê nunca me enxerguei usando tênis, sempre achei colegial demais...
Porém, um belo dia passeando no shopping, eis que vi essa belezinha em uma vitrine:


Entrei na loja, experimentei e foi amor à primeira vista. Pensei logo "Meu Deus! Que coisa mais linda e delicada! Vai combinar com tudo."
Nem hesitei, levei na hora! (foi da Red Dog do Salvador Shopping e custou R$89)

Vou mostrar pra vocês 5 looks possíveis com tênis branco e vou provar como essa tendência é mais que um modismo, é sinônimo de versatilidade, praticidade e funcionalidade, tudo junto!

Look 1: Camisa Branca + Saia Jeans + Lenço no pescoço




Começo com esse clássico: Branco e jeans! A camisa de manga longa, com a saia jeans azul e o lenço estampado no pescoço são super chiques, né? O tênis branco dá o toque final de modernidade e delicadeza!

Look 2: Vestido estampado



Eu amo esse look! É um vestido justo no corpo, com mangas curtas baby-look e com uma estampa super florida e tranquila. Fica a coisa mais fofa do mundo com o tênis! E pra ficar bom o vestido nem precisa ser estampado, viu? Peças lisas ficam maravilhosas também!

Vejam mais fotos:




Look 3 - Look divertido

 
Adoro a combinação da T-shirt cool do Capitão América, o short preto de alfaiataria e a bolsa tira-colo azul bic! O tênis deixa ainda mais divertido, né?

Look 3 - Blusa listrada ombro-a-ombro + Saia branca

  
Olhem esse look! Super combinadinho e lindo. A blusa ombro-a-ombro com a saia jeans branca desfiada são super jovens, com o tênis então... O look fica super girlie.

 Mara!

Look 5 - Preto & Branco

 

Aí não tem erro! O look composto por cropped branco e saia preta com detalhes florais fica super equilibrado com o tênis branco!


Ideal pra um passeiozinho da tarde!


E aí, gostam?
Espero que tenham se inspirado! Tênis branco é só amor. Em breve volto com mais ideias de looks por aqui, enquanto isso tô esperando vocês lá no meu instagram

Beijos e até a próxima! 
outubro 06, 2016

Preto & Azul

by , in
Hoje fiz uma combinação de cores um pouco diferente do que costumo usar: juntei azul e preto. Na verdade, escolhi essas cores por serem as da formatura de Jornalismo (cores da beca), então resolvi testar em um look casual e o resultado foi melhor do que eu esperava:


Eu amo usar peças lisas combinadas, acho muito elegante! Mas sempre tive dúvida quanto ao azul complementar o preto, sempre achei que azul casasse melhor com peças brancas, mas gostei muito do resultado. Ficou diferente!



Como a saia rodada é mais fina, escolhi um cropped preto mais informal para dar uma quebrada na seriedade. O salto maravilhoso finaliza bem, e o óculos (que eu amo!) deixa bem moderno e equilibrado com o azul bic da saia.


Testar novas cores é um desafio, e por mais que pareça simples, quando o resultado fica legal é tão gratificante! Esse look eu usei em um aniversário que começou no fim da tarde e foi até a noite.


Mais detalhes pra vocês:


E aí, aprovaram?
Espero vocês lá no instagram

Beijos!
outubro 03, 2016

Blusinha+Shortinho = Zero Basiquez

by , in
Oi meninas!
O post de hoje é uma ideia de look pra você que adora a combinação blusinha+shortinho para passar uma tarde do fim de semana, mas quer fugir do comum, do básico..

Como sempre gosto de frisar, o segredo mora nos detalhes da roupa! 


Reparem na combinação de hoje: Blusa casual e Short boyfriend. Por aí a gente percebe que o básico ficou de lado né? A blusa é C&A e o short é Hering.


Esse look é ideal para uma saída tranquila à tarde, mas que você se permita usar uma make legal, acessórios complementares... Combinei com bolsa e sapatilha neutras!


Vamos para os detalhes:
A blusa é toda feita em linha, e tem cores sóbrias e quentes misturadas, é laranja e preta.
O short jeans é cintura alta, de botões e tem modelagem boyish.
A combinação dos dois não foi aleatória. O jeans tem uma costura alaranjada, então juntei com a blusa predominantemente laranja. O match foi certeiro!


Como acessório principal, escolhi o óculos modelo Erika espelhado-aveludado da Ray Ban.


A maquiagem foi simples. Delineei somente a linha d'água dos olhos e escolhi um batom marrom puxado para o terracota. Tudo bem combinadinho como eu gosto!


E aí, curtiram?
O segredo está sempre no material de cada peça de roupa. A diferença fica nítida. É a prova que simplicidade e sofisticação andam juntas!
Espero vocês lá no instagram

Fotos: Júlia Beatriz

Beijos!