abril 27, 2018

Playlist - Para animar

by , in
Nada como uma boa playlist animada para dar tchau para o desânimo, né? 
Vem comigo que separei minhas músicas preferidas para transformar o momento "bad vibes" em "life is good"! 

1. Sorry not Sorry - Demi Lovato
Aquela boa e velha injeção de auto estima para levantar o astral e espantar quem não acrescenta nada na nossa vida! It would be nice of me to take it easy on ya, but nah!


2. I've just begun (Having my fun) - Britney Spears
Porque toda garota só quer e merece se divertir! Hino da nossa adolescência (e para uma vida inteira!). Sim ou claro? It's Britney Bitch!



3. Lala - Ashlee Simpson
Relembrando os velhos tempos de música pop boa! Amo essa música por trazer um lado mais provocativo. You make me wanna LALA!


4. Don't stop the music - Rihanna
Vai dizer que você não fica com vontade de dançar e espantar a deprê com esse refrão? Por favor, NÃO PARA A MÚSICA!


5. Crazy in Love - Beyoncé
Um clássico que faz a gente ficar loucaaaa apaixonada!!!


6.  Don't cha - Pussycat Dolls
Essa é pra sensualizar e ainda fazer a parte do hip hop! I know you like me, I know you do!


7. I don't care, I love it! - Icona Pop
Joga tudo pra cima, nada importa porque a gente ama tudo isso!


8 - Wannabe - Spice Girls
Para se divertir com as amigas!


9 - Till the world ends - Britney Spears
Tem que ter outra da rainha da animação, né? Adoro essa! É bem vibes academia!


10. Dançando - Ivete Sangalo
O bom axé não pode ficar de fora!


11. Taquitá - Claudia Leitte
Um ícone de axé + uma coreografia facinha de dançar! TÁ QUE TÁ essa playlist minha gente!

12. Loca - Shakira
Não dá para faltar a rainha colombiana por aqui, certo?


13. Hot - Avril Lavigne
Essa daí é perfeita para deixar a timidez de lado e se deixar levar pelo som!


14. Por conta desse amor - Timbalada
Batuque do tambor, batida do coração!

15. September - Earth, Wind & Fire
Música vintage, porque não?


16. Cool and the gang - Celebration
Porque a vida tem que ser celebrada!


17. Everybody - Backstreet Boys
A melhor boyband tinha que estar aqui. TODO MUNDO!


18. Depois que tudo mudou - Rouge
A maior girlband brasileira não podia faltar!


19. Paradinha - Anitta
Ela sim conquistou o seu lugar! Vem treinar o portunhol no supermercado com Anira!


20. Crazy - Britney Spears
Ela dominou essa playlist porque domina o pop e pop é a definição de ANIMAÇÃO!


Curtiram minhas escolhas? Se deixar eu transformo essas 20 em 200 músicas!
Espero vocês com mais no meu Instagram,
Beijos animados!
abril 24, 2018

Precisamos falar sobre La Casa de Papel

by , in
Esse post é indicado para quem já assistiu as 2 partes da série.
*contém MUITOS spoilers
e adjetivos.

Se você gosta de televisão como eu, La Casa De Papel é uma série que não pode ser ignorada pelos seus olhos. É aquele tipo de história que tá todo mundo falando sobre, aí te dá aquela preguiça imediata de seguir o que os outros estão fazendo, mas um belo dia de folga você vai lá, liga a Netflix, dá aquela chance e tchãrãn: se surpreende.

Primeiramente, é uma série espanhola. Depois do bom e velho sotaque britânico, não existe nada mais lindo e engraçado do que o sotaque espanhol. Você que fala português acha que vai entender tudo sem legenda, mas a única coisa que é compreensível são os 789 "puto mierda" que todos os personagens falam. E também é bem legal acompanhar um roteiro redondinho, bem construído e não-americano sendo tão interessante e causando tantos sentimentos.

foto: poltrona nerd
O que são esses personagens? Já digo de cara que meu preferido é o Berlim. Como amo essa psicopatia charmosa e maléfica! Pra mim, ele é o melhor personagem e precisa ressuscitar na 3ª temporada (já temos a informação que ele estará presente, só não se sabe se vai ser com flashbacks ou se a morte foi falsa e parte brilhante do plano do querido Professor).

Falando em Professor... como pode ser tão genial? E sentar com as pernas tão juntinhas parecendo um menino inocente? A construção desse personagem foi sensacional e amei que deu tudo certo pra ele no final. 

Por falar nisso, eu nunca imaginei que torceria para os "bandidos". Usei aspas porque existe uma linha tênue entre o bom e o mau nessa série. A primeira ideia do plano é que ninguém deveria morrer, certo? Temos 3 falhas aí. 
Mas se tudo corresse perfeitamente, eu cogitaria ficar do lado dos ladrões sem hesitar, até porque eles imprimiram 1 bilhão de euros e eu também quero ser rica nessa vida. A verdade é que podemos dizer que eles não assaltaram ninguém em específico, só fizeram uma pequena invasão, causaram alguns traumas, tocaram um pouco de terror, desestabilizaram a segurança pública, driblaram a polícia e ainda conseguiram se sair de heróis.

foto: poltrona nerd
Vamos para mais opiniões:

*Não gostei de Tóquio! Essa relação doentia que ela tinha com todos, inclusive com Rio (que deveria ter desenvolvido muito mais seu lado hacker, o motivo pelo qual ele estava ali), a volta dela de moto, a prepotência e arrogância. Amei que Nairóbi a ofuscou todas as vezes em que aparecia.
*Moscou morrer foi no mínimo triste! Super desnecessário.
*Amei o casal Mónica e Denver, mas se apaixonar por alguém que é obrigado a te matar e acaba te dando um tiro na perna? No mínimo contraditório.
*E a inspetora Raquel? Não entendo como a mesma mente que soluciona um crime por causa de um fio laranja de peruca é a mesma que se apaixona e tem tempo de ir atrás de um possível novo amor em meio ao maior crime da história da Espanha.
*Arturo precisa morrer. Ponto. 
*A cena da morte de Berlim foi linda! Mas ainda quero ele de volta!
*O arco todo de Ángel foi totalmente sem nexo. Se declarar para Raquel durante o assalto? Dirigir bêbado? Descobrir o criminoso antes de todo mundo? Não ter um fim digno? #pas
*Jogos de poder dentro da polícia e do Serviço Secreto. Quem nunca?
*Não curti muito a cena do ferro velho e o disfarce do Professor. Forçadíssimo!
*O enredo e coragem de mostrar um plano quase perfeito para conseguir o que todo mundo ama na vida, dinheiro, mostra como a cabeça humana pode ir longe e ao mesmo tempo ser tão previsível!

foto: 88mph
Estou na torcida para que a terceira temporada mostre o que aconteceu durante o ano que passou até Raquel e o Professor se reencontrarem, quero saber o destino de cada um e o que eles fizeram com o dinheiro. E bem que poderia rolar um segundo plano para conseguirem fugir da polícia de novo, né? Tá tudo muito fácil. Precisamos também saber da vida dos reféns, menos de Arturo. 
Obrigada, de nada.

Nota 9/10
Voltaremos com mais reflexões em 2019.

Espero vocês no instagram @alissamagalhaes,
Bella Ciao!



abril 17, 2018

Como ter uma relação saudável com o Instagram

by , in
Faço parte do time de pessoas completamente viciadas em Instagram. Não acredito que seja coisa de geração, de idade, de profissão... Eu e outras tantas milhões de pessoas (sim, milhões!) passamos pela mesma situação.

Hoje o mundo é outro. É mais fácil falar, mostrar, discutir, aprender e compartilhar virtualmente. O virtual já se confundiu com o real. Pelo menos pra mim é assim e é este o motivo deste post tão sincero.

Neste exato momento estou de férias das minhas atividades do Instagram, me dei um prazo de uma semana para não postar nada, acessar menos, me importar menos. Digo pra vocês, é como se fosse droga. Dia após dia. Um dia de cada vez. E é difícil viu, amigos? 

Ficar horas sem entrar no Instagram para me encher de conteúdos vazios, fotos editadas, fofocas de celebridades, julgamentos da vida alheia. Ficar horas também sem produzir conteúdo, sem me mostrar para o mundo, é, no mínimo, entediante para alguém como eu que tem as mídias sociais como prazer, trabalho e também ferramenta de acesso ao mundo e aos outros. Tenho em mim, como personalidade, gosto e vontade de mostrar coisas boas e de me mostrar como sou às pessoas. Mas comecei a me incomodar profundamente com o lugar que essa minha característica me levou...

@alissamagalhaes
Não é um incômodo que me faça chegar ao ponto de nunca mais ser usuária do Instagram, não, não é isso! Mas, um incômodo de querer fazer dele um "algo a mais" na minha vida, e não o centro do meu mundo.

Comecei a perceber que eu estava me arrumando para sair e que não fazia sentido pra mim se não mostrasse aquilo no Stories, percebi também que tinha uma pedra no meio do caminho se meu feed estava desorganizado, ou então a ansiedade que me corroía se tivesse postado pouco naquela semana... Sentiu algo errado nisso aí ou só fui eu?

Como de praxe, iniciei meus questionamentos e vi que estava fugindo de um grande lema da minha vida: Equilíbrio. Será que minha vida tá tão sem graça que só vejo graça na tela do meu iPhone? 

Gosto de ter equilíbrio em tudo, assim funciono melhor. Não estava tendo equilíbrio em relação a isso, então percebi um desajuste. A mente começou a entrar em parafuso, e eu que não sei viver em desarmonia com nada, tomei a decisão de desacelerar. Ir devagar, fazer uma mudança para a vida melhorar.

Com esse amadurecimento, voltei a enxergar a vida real com muito mais prazer! Como é bom sair com as amigas e rir o dia inteiro sem se preocupar com a tela do celular. Como é bom bater altos papos com meus pais sem me preocupar em filmar aquilo. Como é bom espairecer, ver o mar, andar no shopping, conversar com pessoas, abraçar, sentir a vibe do outro em vez de imaginar como seria uma conversa de Direct.

Quando eu me dei conta de tudo isso, senti uma diferença e passei a viver a vida de verdade, que é MUITO mais interessante. Pode crer que é!

Não vou abandonar o Instagram, que é sim um caso de amor na minha vida, mas decidi voltar aos poucos, com cautela, cuidado, com equilíbrio, dosando tudo e filtrando só o que é bom para minha vida e trabalhando o que é ruim. Afinal, é assim que se constrói qualquer relacionamento saudável.
abril 04, 2018

BATOM NUDE - Tendência de Outono/Inverno (e do ano inteiro!)

by , in
Hoje é dia de falar de uma tendência de beleza perfeita da temporada Outono-Inverno, mas que para mim e para várias outras mulheres, funciona durante o ano todo: o BATOM NUDE.

Nada mais chic e elegante do que aquela cor discreta nos lábios que dá aquele ar de saúde e estilo, né não? Os batons nude são meus preferidos porque realçam e valorizam bastante a beleza natural!


Separei os meus 7 preferidos do momento e vou mostrar pra vocês agora com todos os detalhes! Bora?

1. Platina, de Anaconda Cosméticos 


Descobri essa cor linda há quase 1 ano, é um nude puxado para o rosa queimado, super elegante e que funciona tanto para a noite quanto para o dia. Achei em uma loja de cosméticos e paguei menos de R$10 por ele. Vale ou não vale o investimento? 

2. Whirl, da MAC


É meu preferido da MAC.  É um nude marrom que fica escuro em mim (fica incrível e atua como cor de boca na pele negra) e tem uma super cobertura e pigmentação! A cor é sofisticada e versátil. Comprei na última viagem por €17, aqui ele custa em média R$80.

3. Cor 131, O Boticário


Esse nude rosado e matte traz aquele efeito feminino e delicado que a gente tanto gosta! Para uma harmonização de look fofo, ele funciona muito bem! É da linha Intense de O Boticário e custa em média R$20.

4. Cor 266, Max Love


Esse batom foi uma surpresa ótima! Achei em uma loja de cosméticos por R$8,99 e amei a cor. É um nude médio puxado para um tom violeta queimado que fica lindo para usar à noite. É da marca Max Love, também uma boa surpresa.

5.  Velvet Teddy, MAC


Um clássico! O Velvet Teddy da MAC é um must have do mundo dos Nudes. É um rosado puxado para o pêssego que fica lindo no dia a dia. Matte e com alta cobertura, um queridinho de quem é fashionista. Comprei por €17 em Portugal, aqui fica em média R$75.

6. Cashmere Silk, NYX


Esse é um tom maravilhoso e super elegante. Amo a Nyx e comecei a gostar muito de batons líquidos matte e opacos! Essa cor neutra, é um nude na medida que combina com aquele olhão esfumado para a noite ou com uma maquiagem mais leve para o dia. Comprei por €8 em Paris, aqui a gente encontra por R$40.

7. Atração, Be Emotion


Sou louca nesse batom, foi o que usei no dia da minha formatura! É um nude marrom quente que chega quase a um tom de caramelo. É cremoso e super confortável nos lábios! É da marca Be Emotion e o preço fica em média R$35.

Gostaram das minhas escolhas de batom nude? 
Me conta quais são os seus preferidos!
Espero vocês lá no meu Instagram,
Até a próxima, beijos!