agosto 26, 2016

P&B nada básico

by , in
O #LookModalissa de hoje é preto e branco e nada básico. A moda é democrática e divertida, então eu compartilho da opinião de que devemos usar o que nos faz bem!

O look de hoje traz várias características que eu adoro: A combinação do top cropped com saia longa, listras, preto e branco e o bom e velho salto!

Cropped In the Street/ Saia Centro da cidade/ Óculos ray ban Erika/ Salto Eggo's

Confesso pra vocês que demorei muito para aderir á saia longa por medo de não combinar com minha baixa estatura. Porém, um belo dia, eu experimentei minha primeira saia longa e amei o que vi no espelho! Não vamos ser tão presos às tendências, às "regras"! Acho que uma dose de personalidade + uma dose de bom senso podem resultar em um look incrível!

O look de hoje é composto por esse cropped must-have listrado e preto e branco, por essa saia longa, por um salto clássico e por um óculos espelhado super estiloso!


O cropped com a gola mais alta que o convencional, tem uma pegada retrô e invernal e é super elegante! Foi da In the Street. O preço real era R$99, mas sortuda que sou, comprei na promoção por R$49!

O legal desse top é que dá pra combinar com um shortinho ou sainha branca ou preta, super versátil!


A saia longa preta eu comprei em uma lojinha do centro da cidade e amei! O comprimento é ideal para o meu comprimento (Risos!). Hoje eu tenho uma coleção de saias longas, mas sempre quis uma preta básica-clássica que pescasse um pouco, para poder usar com um salto e a beleza poder aparecer!


Escolhi o óculos modelo Erika da Ray Ban de armação de veludo preto e lentes espelhadas cor de prata. Deu um up no visú e ainda me deixou descolada!


O que é bacana de combinar cores clássicas com um toque de modernidade, é que esse look facilmente pode ser usado para uma comemoração à tarde e não necessariamente à noite!


Escolhi um batom marrom escuro cremoso para dar um ar mais poderoso! Esse é o Delicious Ultra Color da Avon.

Fotos:André Jorge/ Locação: Corredor da Vitória-Salvador

E, por último, escolhi esse salto que é um dos meus sapatos preferidos! Design clássico, combina com tudo, é elegante e não pesa no look! Esse foi da Eggo's Shoes, por R$139.

E aí, look aprovado?
Vista o que te deixa segura, feliz, animada para curtir o dia! Nada melhor do que nos sentirmos livres por meio de estilo e personalidade, né?
 
Vocês acompanham mais por aqui e lá nas minhas redes sociais!
Snap e Instagram: @alissamagalhaes

Espero vocês,
Beijos confiantes!  
agosto 22, 2016

Olimpíadas no Brasil: Reflexão sobre Rio 2016

by , in
Ser brasileiro. É um estado de espírito, é emoção, para uns às vezes é até vergonha, mas principalmente, é amor. 

Não estou aqui para fazer juízo de valor, nem crítica aos milhões destinados e gastos aqui e acolá. Estou aqui porquê é real o impacto positivo que um evento que transcende gerações causa em um país  como o nosso, cheio de grandiosidades, mas muitas vezes cego de sensações para perceber tamanha magnitude.

A Olimpíada Rio 2016 nos permitiu enxergar o que sempre esteve na nossa frente, e com todas as nossas belezas e contrastes, não temos o costume de dar o devido valor. Valor de ganhar, perder, competir, aprender. Valor do atleta, da torcida, do nativo, do estrangeiro. 

Que daqui pra frente, possamos aliar cada vez mais a Educação e o Esporte, que têm juntos muito poder de mudança. Que país é esse? É o NOSSO Brasil. Brasil de tanta cor, amor, diversidade. Não vamos diminuir nossa terra, não! Vamos combater questões políticas com manifestações de paz. Não vamos deixar centenas de maus derrubarem 200 milhões de bons! Vamos valorizar o quão únicos somos! Vamos amar esse lugar que foi palco de um acontecimento tão marcante para a vida de tantos! 

Que o esporte vire rotina, que saibamos os nomes dos nossos outros Neymar's. Não só pelos 7 ouros, 6 pratas e 6 bronzes. Mas por cada jogo, batalha e esforço nas partidas da vida. Vamos celebrar os sucessos e melhorar os infortúnios. Foi lindo! O mundo nos viu, e viu bem! Mostramos, abraçados e guiados pelo Cristo Redentor, que o "exótico", o "simpático" e o "misturado" é na verdade o único, o caloroso e o diverso Brasil.

Obrigada Rio 2016, por me fazer vibrar junto com milhares, mesmo que de longe. 

Com muito ORGULHO e com muito AMOR,
Alissa.

 
Foto: veja,abril.com.br
agosto 11, 2016

Reflexão: Motivação para escolha da profissão

by , in
Nossas escolhas definem quem somos. Possivelmente, você já ouviu essa frase em algum lugar. Concorda com ela? 
Talvez, nossas escolhas definam a fase que estamos passando, o desejo que temos dentro de nós, a ânsia que nos faz caminhar em busca de nossas vontades. Se as escolhas definem quem somos, não posso dizer com certeza, afinal estou passando por muitas escolhas agora. Acho que sempre passaremos! Mas, com certeza, as escolhas são ações que fazem toda a diferença na nossa vida.

É injusto que tenhamos que fazer a escolha profissional enquanto estamos na fase adolescente. Mas, a parte boa, é que se a primeira tentativa der errado, temos segundas, terceiras, quartas... A verdade é que não tem idade. Se tem vontade, já é um começo, ou recomeço.

Com a reta final da minha faculdade de Jornalismo se aproximando, comecei e refletir sobre as escolhas que me trouxeram onde estou agora. A escolha profissional é talvez a maior escolha na vida de um ser humano. É vontade e responsabilidade juntas. Confesso que minha decisão por Comunicação foi feita facilmente, sempre gostei de escrever, de falar, de comunicar. Eu tinha 14 anos quando escolhi meu curso e nunca mudei de ideia. Mas não ache que eu nunca pensei em outras opções! Quando somos jovens, muitas coisas passam pela nossa cabeça. Não é porquê você é uma só pessoa que vai se encaixar em uma só profissão. Eu vou ser uma jornalista, mas também seria uma psicóloga, uma fisioterapeuta, uma administradora, uma atriz, então é importante abrir o pensamento e deixar o casulo se romper.

O segredo é se escutar. Escutar o que vem de dentro, o que fala mais alto, o que faz o coração vibrar. A motivação vem da vocação. Se preciso, faça todos os testes vocacionais existentes na internet, converse com mil terapeutas, mas nunca esqueça que a resposta está sempre do seu lado, é só despir a alma e tudo fica mais claro. Por outro lado, não ache que a pessoa que você era há um ano, continua sendo agora. Não se acomode nos ideais, caminhe junto a sua evolução. Perceba quem você é, se conheça, se auto-reconheça nas coisas. Não se iluda! Faça o que você, e mais ninguém, sabe que é o melhor, e tenha ciência de suas capacidades emocionais e físicas. Tenha certeza que funcionará na prática o que já funciona no campo das idéias. Seja consciente de você mesmo! Isso vai ajudar bastante na escolha profissional, independente da sua falta de experiência de vida.

Hoje, com 21 anos, sou feliz por todas as escolhas profissionais que venho fazendo. Decidir é bom. Escolher é sinal que estamos prestando atenção em nós mesmos, no papel que queremos ter diante do mundo. Se você é jovem, ou se está recomeçando, nunca esqueça de ser sempre fiel a você mesmo e ter o pé no chão, ser realista. Sonho+Realidade= Escolha perfeita.

Foto: www.jovemexecutivo.blog.br




agosto 07, 2016

Entrevista para conseguir o visto americano: Dicas & Detalhes

by , in
A maioria de nós residentes deste mundo, que não somos estadunidenses, temos aquela vontade de conhecer as terras norte-americanas, o velho american-dream. Porém, ir para os Estados Unidos não é tão simples. Não é apenas aquela viagem internacional que você carrega seu passaporte e alguns dólares para serem gastos nos outlets da vida. Não!
Para entrar no solo de Obama, precisamos do famoso visto americano. É toda uma burocracia, dinheiro, tempo e tensão gastos nesse processo.

Passei por isso neste ano, como mencionei no post da viagem para Recife. Hoje vim esclarecer dúvidas sobre o processo da entrevista (a parte importante) que a pessoa que quer viajar pros Estados Unidos tem que passar. 


Antes, vou fazer um resumo do processo que vem antes da entrevista, ou seja, a parte que não tem muito erro. É um processo simples, apesar de ser enorme e muito chato.

1º - Você tem que preencher um formulário online chamado DS-160, que é o documento voltado para não-imigrantes (turismo e negócios). Esse formulário é enorme e muito chato! Além disso, é todo em inglês. Se você não domina o idioma, contrate alguém ou alguma empresa para fazer isso. Qualquer erro, faz você perder tudo.
2º - É preciso fazer o pagamento do visto que é US$ 160, o equivalente hoje a R$510 (Mesmo se seu visto for negado, esse valor é instransferível).
3º - Depois, você vai agendar dois dias para conseguir seu visto. No CASV, que é o Centro de Atendimento ao Solicitante do Visto (para tirar a foto e coletar as digitais) e no Consulado Americano (Onde você realiza a entrevista e já sabe se seu visto foi aprovado ou não).  Você pode solicitar esse processo em quatro cidades brasileiras: Brasília, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo.
*Nunca esquecer de levar a Confirmação do DS-160 e do pagamento do visto, seu passaporte e sua identidade.

O dia do consulado é super importante. É o lugar que você sente ter o primeiro contato com os Estados Unidos de fato.

Consulado americano em Recife/ Foto: www.pernambuco.ig.com.br
O entrevistador fica atrás de uma janela de vidro, e você do outro lado. Ou seja, você ouve a entrevista dos outros e a sua é ouvida também. É preciso manter a calma e somente responder o que o entrevistador te perguntar. A entrevista geralmente é rápida e simples, e é importante levar documentos que comprovem que você tem a intenção de voltar para o Brasil (comprovantes de matrícula, impostos de renda, contra-cheque, extratos bancários, etc),para caso o entrevistador peça.

Minha entrevista foi bem rápida, durou 5 minutos e o entrevistador não pediu nenhum documento e aprovou meu visto. Mas é importante levar o máximo de documentos, para apoiar seu pedido. No dia da minha entrevista, várias pessoas tiveram o visto negado por falta de comprovações!
As perguntas comuns são: Qual o seu nome? Qual sua idade? O que você faz? Para onde você quer ir? Quanto tempo pretende ficar? Quem vai pagar sua viagem?

Se seu visto for aprovado, seu passaporte fica por lá e você recebe em 10 dias úteis no endereço de sua escolha, com seu visto impresso nele. Se for negado, eles te devolvem seu passaporte na mesma hora e você tem a chance de tentar de novo.

O segredo é estar preparado anteriormente, estar munido de documentos, e responder calmamente a todas as perguntas. Seguindo esse passos, não tem erro. A visita ao solo americano é certa!

Mais dúvidas? É só comentar aqui, ou mandar perguntas no meu instagram ou no snapchat: alissamagalhaes

Beijos americanos!