fevereiro 27, 2018

COMPRAS NA EUROPA

by , in
Hoje é dia de dica das boas por aqui do jeito que a gente gosta! 

No fim de 2017, fiz uma viagem dos sonhos para a Europa como vocês acompanharam por aqui e no Instagram, e agora chegou a hora de mostrar tudo o que eu comprei nos 3 países que visitei. Vou falar dos preços, o que vale à pena comprar, o que não vale tanto assim...

Então se você está se planejando para viajar para o velho mundo, esse post é SEU! Vem comigo!


Todas nós amantes do mundo da beleza, da moda e dos cosméticos em geral, sabemos como sai caro muitas vezes ter aquele produtinho dos sonhos, né? Aqui no Brasil os impostos são caríssimos e isso reflete no preço final que pagamos pelo o que consumimos (alerta absurdo!).

Então, quando viajamos é a hora certa de tornar aquele sonho realidade, não é mesmo minha amiga? Então vamos começar pelos itens de beleza!

1. Batons, rímel, etc


Coisa que vale à pena comprar na Europa é batom!
Vamos no sentido da esquerda para a direita da foto acima:

O primeiro gloss rosa natural (€6) e o rímel (€7) comprei na Sephora da Champs Elysées em Paris. Convertendo para o real com a cotação do euro no dia que comprei cada um saiu por R$19 e R$22, respectivamente. Se fosse comprar no Brasil, o preço seria o dobro. Então valeu à pena, sim ou claro?

Os dois batons líquidos matte da Nyx da linha Lingerie, que comprei em um shopping no bairro de La Defénse em Paris, custaram €7, ou seja, em média de 22 reais. Aqui eles estão por R$35 cada. Valeu sim!

E o último é um gloss nude super lindo que comprei em Londres na loja Primark da Oxford Street por £2, equivalente a R$8,50.

2. Base, BB Cream e Pó


A base da Nyx, que é uma das que mais gosto, custou €8, o que deu aproximadamente R$26, aqui eu pagaria uma média de 60 reais por ela. Emocionante ou não?

O BB Cream da La Roche Posay comprei em uma farmácia de Paris e foi €6, o equivalente a R$20 reais. Aqui ela custa mais de R$70!

Já pelo pó translúcido da Maybelline, paguei £5 em um supermercado em Londres, o equivalente a R$18. Aqui eu não pagaria menos de 45 reais por ele.

Maravilhoso, né?
Vem que tem mais!

3. Pele


Se tem uma coisa que eu AMO são os lencinhos demaquilantes, não existe nada mais prático que eles para retirar a maquiagem! Comprei vários!

Meus preferidos foram esses da foto: o da Sephora, em Paris, custou €5 e o da L'óreal, em Londres, custou £5. Respectivamente, R$16 e R$18 reais. Aqui a gente pagaria mais de R$30!

4. Sombra e Contorno



Comprei esses itens acima que são maravilhosos e seriam caríssimos no Brasil. Ambos são da Sephora (porque a gente AMA!) e custaram super barato!

O contorno foi 9 euros e a paleta de sombras 8 euros. Não precisa nem dizer quanto eles custariam em reais né? Economia certa eu fiz em comprar fora!

5. Cabelo


Esses 4 produtos de cabelo foram sem dúvidas minha MELHOR compra!
Todos foram na Inglaterra, porque a variedade era maior que na França e o preço era melhor também.

A mini hidratação reconstrutora Aussie custou 2 libras, menos de 10 reais. O shampoo John Frieda custou £8, o equivalente a R$29 (aqui ele é mais de 70), a hidratação Mark Hill foi £5, equivalente à 20 reais. Comprei os 3 na mesma farmácia em Londres e foram (ainda são, porque não acabaram!) compras maravilhosas!

O Shampoo rosa GLISS da Schwarzkopf custou £1,29, menos de 7 reais em Folkestone, uma cidade da Inglaterra que visitei. Ele foi o melhor shampoo que já usei até hoje! Se eu soubesse que seria tão bom, teria comprado vários! Tô economizando pra não acabar!

6. Farmácia e afins


Itens de farmácia são must-have total quando a gente viaja para fora do país!
Na França, fiz várias compras que valeram à pena. Na foto, a água micelar da La Roche Posay (a melhor, na minha opinião!) custou €9 e vieram duas! Ou seja, R$33 por duas, sendo que aqui a gente pagaria uns 45 reais por uma só!

O protetor labial também foi barato e foi leve 2 e pague 1 (tem várias promoções assim nas farmácias em Paris!). Levei 2 por 6 euros.

As duas beauty blenders, as famosas esponjinhas, saíram por 5 euros as duas! Que tal?

O sabonete líquido para o rosto da Clean&Clear saiu por £1,99 em uma farmácia de Londres!

7. Duty free


Eu tava louca para comprar meu perfume Miss Dior e mais batons da Mac, mas tanto em Paris como em Londres, achei os preços salgados. Fui achar preço bom em Portugal!

Acreditem se quiser, o Duty Free de Lisboa estava com os melhores preços, mais até que farmácias e lojas de cosméticos (pesquisei muito!). Comprei o perfume por €65, o equivalente a R$210, aqui ele custa R$400. Cada batom da Mac saiu por €16, equivalente à R$50, aqui eles custam R$80. Comprei as cores Whirl e Velvet Teddy. Se fiquei feliz? Imagina aí, amiga!

8. Óculos


Eu sou a louca do óculos, especificamente a louca do Ray Ban. Comprei meu queridinho Clubmaster clássico em uma ótica em Paris por €99, o que daria em média R$325, aqui ele está mais de R$500. Então foi bom, né?

9. Roupas


Europa não é o melhor lugar para se comprar roupas (vide Estados Unidos), mas procurando dá para achar muitas promoções!

Comprei essa bata branca por £3 na Primark, loja de departamento de Londres, o que deu menos de 15 reais.


Comprei essa calça jeans skinny LINDA também na Primark por £7, o equivalente a R$30.

Fiquei super feliz com essa calça porque é super difícil achar aqui no Brasil um jeans que eu ame muito no corpo, tive que atravessar o oceano para achar uma que eu amei (olha ela exagerada!), mas é verdade!

Onde a gente vai achar uma calça jeans de qualidade, bonita, versátil e que a gente ama no corpo por 30 reais minha gente? Em Londres. Só pode, né?

10. Malas


Mala é uma coisa que vale muito comprar fora! Comprei essa rosa clara linda (e dura, super resistente) na Primark em Londres (ô loja abençoada!) por £30, o que daria uns 140 reais. Aqui uma dessas não sairia por menos de 350 reais. É ou não é?

Dicas adicionais:

- É chato, mas é bom fazer a conversão de moedas na hora de comprar pra ver se vale à pena. Ninguém quer perder dinheiro, né? Até porque moedas como Euro e Libra Esterlina são as mais valorizadas do planeta.
- No geral, não sempre, maquiagem, produto de cabelo, e outros cosméticos são ótimas opções para se comprar na Europa.
- Comprar mala é necessário. Essa rosa que comprei foi perfeita porque veio com todas as minhas compras dentro, e olha, não foi pouca coisa!
- Além do que mostrei no post, trouxe muitos chocolates, biscoitos, souvenirs e outros produtinhos que já tinham acabado quando fui escrever esse post.
- Se você pesquisar, tanto antes de viajar como no seu destino, vai achar muitas promoções e ser muito feliz como consumidor em outros países!
- É só se organizar nas finanças e ser feliz!

Gostaram das dicas? Espero vocês em breve por aqui e sempre no meu instagram,
@alissamagalhaes
Beijos!
fevereiro 19, 2018

PRETO NO BRANCO ~look+diário~

by , in
A cada experiência que vivemos, vamos conhecendo um pouquinho mais de nós mesmos. Por exemplo, o jeito que encaramos certas situações, como lidamos com mudanças, como aceitamos a vida, o que queremos para o futuro, o que achamos do nosso presente.

Não importa se é bom ou ruim, sempre sairemos transformados de alguma situação se começarmos a viver de coração aberto e mente leve.


Se você que está lendo esse post agora acredita que o estilo de vida de quem trabalha ou vive muito no mundo da internet é um sonho de consumo, depois de ler esse texto, talvez perceba que não seja bem assim.

O "lifestyle" muitas vezes invejável que se vê em uma foto de Instagram, em um vídeo no Youtube ou em um snapchat foram pensados antes de serem filmados/fotografados e mostrados, e isso tem me feito pensar ultimamente, será que esses momentos capturados são realmente vividos?


Eu, viciada assumidíssima em internet desde que me conheço por gente, comecei a questionar certas coisas. Esse mundo virtual faz parte de mim fortemente, mas nunca quis que ele fosse a parte principal da minha vida. Mas comecei a ficar com medo de que fosse...

Será que eu posto tanto porque gosto, porque quero que os outros vejam, ou porque tanta gente faz?


Não me entenda mal! Eu realmente acredito que produzir conteúdo, influenciar pessoas positivamente e criar entretenimento são tarefas mágicas e importantíssimas no mundo que a gente vive hoje (por isso mesmo, já faço isso há anos tanto como hobby como trabalho), mas também acho que tudo na vida tem que ter um certo equilíbrio.

Eu achei minha resposta e sei que vivo o mundo da internet porque gosto, genuinamente, dessa parte da vida que posso "controlar". Mas vou dizer pra vocês que recentemente percebi que tenho tido muito mais prazer e alegrias nos meus momentos offline.


Quase esqueci que a vida de verdade acontece lá fora, distraidamente, no sol, na chuva, nos encontros.

Tirar aquela foto daquele momento especial para postar depois é legal, é ok, mas não faz o sentido das coisas. Temos que viver o real antes que o virtual seja a resposta de tudo. Concorda comigo?


Confesso que às vezes é bem difícil ignorar o celular, mas aí você percebe que sua vida é muito mais interessante quando é vivida independentemente da tela do smartphone.

Consigo admirar de imediato quem não se importa muito em mostrar pros outros uma vida montada, "perfeita", stalkeável, ou quem não faz questão de mostrar nada e pronto. Gente desapegada é uma coisa ótima, né?


Hoje em dia eu consigo tirar mil fotos (amo desde criança) e não necessariamente ter que postar, só de guardar e lembrar do momento já valeu. Entende a sensação?

É claro que é maravilhoso ter o que postar, editar fotos, etc, principalmente pra quem posta conteúdo nas redes, mas a ideia é que isso seja divertido, um "a mais" na vida e não o centro da sua existência.


Como o texto de hoje tá bem sincerão, bem preto no branco mesmo, o look que eu escolhi para representá-lo é o meu preferido de todos. Clássico e versátil, nada como o bom e velho (e sempre reinventado) P&B.

Minha combinação preferida de cores e peças: blusa branca que combina com tudo, short preto de alfaiataria, um colete preto versátil e elegante para finalizar com estilo e a rasteira nude porque, afinal ,ainda é verão!


Sabe quando um look te faz sentir VOCÊ? É assim que eu me sinto quando visto preto e branco. Confortável e feliz o dia inteiro!

Além de ser versátil e ser o mix que cai bem em todo mundo, a mistura do claro com o escuro é super chic e é a opção perfeita para praticamente todas as ocasiões.


Se você constatar que está ficando muito nas redes sociais, e que isso começa a causar estresse, uma certa dependência emocional ou expectativas e etc, dê um tempo! Fique off. Faça o que te faz bem antes de ter que postar cada passo que dá.

É válido, e é ótimo! Eu tenho feito isso e percebido como a vida é boa e interessante. A sensação de não estar perdendo as coisas que acontecem é maravilhosa, vá por mim. Olhar para uma tela o tempo todo vai te fazer perder muita coisa legal da vida.


Também nunca esqueça que tem muita coisa bacana na internet que nada tem a ver com o fútil, o vício, o que todo mundo faz.

Conteúdo relevante (como esse texto aqui que aposto que te fez refletir um pouco!), dicas para o dia a dia, curiosidades e tantas coisas mais fazem do mundo virtual um lugar de troca, de compartilhamento, de informação, portanto, de crescimento. Então se joga na parte boa e deixa de lado a parte que não é tão positiva assim!


Como eu gosto de dizer, equilíbrio é TUDO nessa vida, em todos os âmbitos. Então seja feliz na vida de verdade, na vida virtual, só tenha cuidado para não inverter os valores do que realmente importa. Combinado?


Vejo vocês com muitos sorrisos, conteúdo e looks aqui e no Instagram.
@alissamagalhaes
Beijos!


Blusa branca Cynthia Tirzah
Short preto alfaiataria Cynthia Tirzah
Colete Chanel