dezembro 01, 2019

Renove seu armário - Consumo Consciente

by , in
2020 tá chegando e com ele muitas resoluções para deixar nosso dia a dia mais funcional!

O mercado da moda está mudando, tudo porque o comportamento do consumidor se transforma com as redes sociais. Ninguém quer estar por fora de nada, ao mesmo tempo que uma ação sem propósito é uma ação irrelevante.

Separei algumas dicas que vão te ajudar a renovar seu guarda-roupa em conjunto com o consumo consciente.


1º - Organize suas pendências

De nada adianta comprar várias roupas só porque gostou do preço ou do modelo. Organize todas as suas peças e anote as que você não tem e sente falta. Por exemplo, sabe aquele short que você ama mas não tem uma blusinha que combine? Pense em pelo menos duas para agregar ao seu guarda-roupa!

2º - Compre menos, compre melhor

Me inspirei em uma headline da Vogue Britânica de janeiro que traz a mensagem de que hoje o consumo tem a ver com identidade pessoal, com personalidade. Compre o que combina com você, na quantidade que realmente vai usar, que te faz bem. Não siga o movimento das massas se não tem a ver com você.

3º - Pesquise e depois invista

Exerça seu controle! Pesquise preços nas lojas, tendências, modelagens, etc, e só depois volte para comprar. O ideal é que você faça uma lista de tudo o que está precisando no momento para evitar futuros arrependimentos. Sempre deixar separado um dinheiro a mais para comprar o que sentiu vontade, com moderação, é bem importante, claro!

4º - Não faça dívidas

E aí voltamos à questão da organização. Organizar finanças é o primeiro passo para uma vida bem sucedida. A moda é cíclica, e praticamente todo mundo gosta de renovar as peças do armário. Então faça suas contas antes de esbanjar por aí, já que nada é para sempre!

5º - Doe

Já que vai colocar roupas pra dentro, que tal colocar roupas pra fora também? Além de ajudar quem precisa, você vai fazer a energia do seu guarda-roupa circular, tudo vai ficar mais leve e você não vai se perder na hora de procurar uma peça para montar um look.


Gostou das dicas?
Veja mais no meu Instagram @alissamagalhaes
Beijos!

novembro 24, 2019

Looks de fim de ano - Aposte na renda!

by , in
Dezembro tá na porta, por isso, já é tempo de procurar inspirações para os looks de fim de ano

Em minhas andanças nas lojas de fast fashion, notei uma presença constante nas araras: renda!
Um dos meus tecidos preferidos, a renda mistura tradição e delicadeza, feminilidade e presença

Podemos ver esse tecido super elegante em várias peças com modelagens diferentes, com destaque para os vestidos, calças pantacourt, saias midi e tops cropped.

Separei 3 looks que garimpei na Marisa e na C&A para vocês se inspirarem para a roupa de natal e réveillon.


A renda está presente no mercado de várias formas, mas predominantemente consiste em uma malha considerada fina, aberta e delicada. Pode misturar algodão, linho, seda ou até mesmo outros tecidos mais grossos.

Para o natal, gosto da proposta de usar uma calça pantacourt ou flare de renda (como mostram a primeira e terceira fotos acima) e combinar com uma blusa ou top com um tom de vermelho, bem natalino. A renda permite que o look fique chic, mas também contemporâneo, bem moderninho.

Já para o réveillon, tenho um gosto mais tradicional e prefiro me vestir com um tom inteiramente branco, gelo, creme ou off-white como o vestido da segunda foto. Apostar em transparências, decotes e fendas é uma ótima opção para sair da mesmice.

A renda transmite paz, leveza, elegância e fluidez para qualquer composição. Como elas estão em alta nessa temporada primavera-verão, dá para investir em muitas peças, usar e abusar até março do ano que vem! 
Eu considero a renda atemporal, e como a moda é democrática, uso o ano inteiro mesmo! Amo!

E você? Já decidiu seus looks para celebrar o natal e o ano novo?
Te espero com mais no Instagram,
beijos!

novembro 19, 2019

Dicas para uma rotina capilar saudável

by , in
O cabelo é a moldura do rosto. Para dar um gás na nossa autoestima, nada melhor do que estar com o cabelo sempre bonito, limpo, saudável, com brilho e movimento. Certo?

Pensando nisso, separei algumas dicas da minha rotina capilar pra vocês. Vai que pode dá certo seguir alguns truques por aí também, né?


A primeira coisa que vamos falar é sobre corte. Nenhum remédio é melhor para um cabelo do que a tesoura, meu cabeleireiro sempre me diz isso.

Costumo cortar meu cabelo a cada 3 meses, renovo o corte para dar movimento e tiro pouco do comprimento, 2 ou 3 dedos. Tenho essa prática capilar há mais de 6 anos, por isso, meu cabelo tem um crescimento ótimo que realmente se faz necessário cortar 4 ou 5 vezes por ano. 

Saúde e renovação! As pontas duplas somem, o cabelo fica com um caimento melhor e mais bonito.

Outro ponto importante é a alimentação. Os nutrientes também vão para os cabelos, e investir em uma rotina balanceada e em alguns alimentos como cenoura fortalece bastante os fios!


Alternar o shampoo é outra prática da minha rotina capilar que faz a diferença. Tenho dois ou três shampoos que uso ao mesmo tempo e fico alternando entre as lavagens, isso porque cada um traz benefícios diferentes como nutrição, anti frizz e etc.

Por falar nisso, o cronograma capilar super me ajuda! Adoro investir em cremes de hidratação, nutrição e reconstrução. Testar produtos diferentes e observar como o cabelo reage é maravilhoso para conhecer melhor seus fios.

E quantas vezes devemos lavar o cabelo por semana? Bom, isso vai depender do seu tipo de cabelo, se é oleoso ou não. O ideal é não lavar todos os dias. Eu lavo a cada 2 dias, ou umas 3 vezes por semana, a depender de como esteja minha rotina de trabalho. Meu cabelo é misto, tem raiz oleosa e pontas secas, então dá certo!


Sobre chapinha e secador... sou apaixonada! Uso um bom defrizzante depois de lavar o cabelo e lanço mão dessas ferramentas. Meu cabelo é naturalmente volumoso e ondulado, mas eu prefiro o efeito liso com movimento, então não largo essa duplinha por nada!

Já sobre químicas, tem 2 anos que não faço selagem ou escovas inteligentes, porém penso em voltar pra facilitar um pouco minha vida. Sempre prefiro utilizar produtos mais leves e que tenham efeito de poucos meses no cabelo, só pra dar aquele up no visual mesmo!

Dicas extras:

- Gosto de usar pente de madeira. Não embaraça, não quebra e não deixa os fios oleosos!
- Não prendo com xuxa, prefiro presilhas tipo piranhas que não marcam o cabelo.
- Não costumo dar escova, só seco normalmente com o secador. 

Curtiram as dicas?
Espero vocês com mais lá no instagram!
Beijos

novembro 14, 2019

Reflexões sobre a vida adulta

by , in

Estou concluindo a metade dos meus 24 anos e muita coisa mudou desde que completei a maioridade, há pouco mais de 3 anos.

Quando era criança sempre ouvia os adultos dizerem que vida de gente grande não era fácil, que os desafios eram diários, que os problemas só aumentavam. Nunca acreditei muito nisso, sempre fui uma pessoa muito positiva, sem tendência a sofrimentos, a lidar com problemas. Mal sabia eu que o buraco da vida adulta era muito mais embaixo.

Uma das coisas que mais mudou pra mim nos últimos anos foi a minha postura em relação às situações e pessoas. Sempre tive uma personalidade mais séria, centrada, porém com o passar dos anos me sinto muito mais observadora de tudo o que faz parte da minha rotina, e, com isso, levo mais a sério o que faço, o que digo e o que ouço dos outros.

O que as pessoas pensam sobre nós pode pesar em algum momento, mas o que de fato importa é como a gente se enxerga. Ser satisfeito consigo é um desafio, um trabalho diário, em que a autoestima, a autocrítica e o autoconhecimento precisam andar juntos o tempo inteiro (e sinto que vai ser assim a vida toda).




Desconfio muito mais de tudo e todos e sou cautelosa quando deixo algo novo entrar na minha vida. Tenho dificuldades com o superficial e prefiro não ser rodeada por tantas pessoas, pois isso significa muitas energias conflitantes diferentes perto de mim. Gosto de leveza e serenidade, em todas as coisas.

A parte legal da vida adulta é ter o poder de escolha, decidir sobre si mesmo, saber que sua independência pode te levar longe, que você pode fazer a diferença pra você mesmo. Sim, é divertido ser dono de si! Difícil? Claro. Mas não deixa de ser uma jornada divertida.

Aprendi a buscar minha paz, a amar o meu jeito de ser, qualidades e defeitos.  Hoje espero muito mais da vida, porém é por meio das minhas ações que realizo meus desejos e sonhos. Ao mesmo tempo que levo o que faço da vida a sério, não quero levar a vida tão a sério.


Os problemas vão existir, mas se eu tenho a capacidade de resolvê-los tá tudo bem. E se eu não tiver, tá tudo bem também, significa que eles já estão solucionados.

A vida é o que é. Linda, cheia de luz, possibilidades, emoções, alegrias, aprendizados. Busco o tempo todo aprender algo novo, colocar em prática alguma boa ação, fazer bem ao meu próximo, do jeito que der, sem me violar. A gente tem o poder de transformar o que existe dentro da gente, pra melhor ou pra pior. Não podemos perder essa consciência.

Paciência, equilíbrio, calma e tranquilidade são palavras de lei que eu tento usar nos meus dias, para melhorar o que quer que esteja acontecendo no momento. Porque eu sei que é só o começo, e eu quero e mereço uma vida feliz. Os obstáculos existirão sempre para deixar tudo mais emocionante.

E você? Como está lidando com o início da vida adulta?



novembro 05, 2019

Mudanças de consumo - Comportamento e Redes Sociais

by , in
Estamos vivendo tempos em que as mudanças de comportamento estão cada vez mais perceptíveis.

Há poucas semanas, falei aqui sobre a falência da Forever 21 e como o varejo vem sofrendo com a mudança de comportamento no consumo. A Barneys, império da moda americana, também está em decadência. Como entender a instabilidade no mercado da moda?

Hoje é dia de explicar um pouco sobre o papel das redes sociais nesta desconstrução do pensamento do consumidor.

Foto GQ/ Reprodução Google
O consumidor não é o mesmo da década passada. Hoje, o ex-passivo agora  influencia seu pequeno universo por meio de sua atividade nas redes sociais. Não é preciso ir para um espaço físico para fazer uma compra e é possível expor sua opinião (que pode destruir reputações ou construir carreiras) para que milhões de pessoas tenham acesso.

Existe claramente a evolução do usuário das redes sociais em conjunto com o desenvolvimento de todos os meios de comunicação. Nem tudo é aceito, existem critérios específicos antes de uma decisão ser tomada e, evidentemente, um poder de escolha que, agora, faz das pessoas seres mais conscientes, que buscam propósitos em vez de efemeridade.

Foto MLabs/ Reprodução Google


Nas redes sociais, você influencia e é influenciado. Se o Instagram dita que você precisa desapegar, explorar brechós, praticar o consumo consciente, evitar o uso do plástico, de carregar tantas sacolas e de comprar desmedidamente o que todo mundo compra, você simplesmente vai fazer isso. 

Somos seres previsíveis, geralmente vamos juntos com a manada, tanto faz se o destino vai ser bom ou se será questionável. Principalmente, tratando-se do novo modelo de vida trazido pelo digital e pelas mídias sociais, que já achamos que estamos acostumados e dominando, mas que na verdade só estamos mesmo é nos condicionando.

Empresários e varejistas espertos, já perceberam que para continuarem no mercado da moda, precisam estar mais atentos no que se passa nas redes sociais do que nas tendências que aparecem nos desfiles das semanas de moda internacionais.

Deve existir um propósito maior, como foi falado anteriormente. Um objetivo precisa ser alcançado por meio de qualquer decisão na sociedade moderna. Para falar, comprar, vestir e se expressar, é preciso ter identidade própria, relevância. E se vocês pararem para refletir, isso vale para praticamente tudo na vida, em todas áreas. 

Em pleno fim de década e começo de outra, se você é médico, empresário, varejista, modelo, professor, administrador, engenheiro, jornalista, empreendedor, dentista, psicólogo ou ocupa qualquer outra posição, significa que você é digital. Somos todos digitais. E é necessário entender nosso processo de adaptação a este novo jeito de viver e achar um equilíbrio. A palavra é transformação. Quem não acompanhar, ficará pra trás.

outubro 30, 2019

Looks inspiração: peças básicas, clássicas e tendências

by , in
Chegou o final de mais um mês, então vocês já sabem que é hora de revisitar os melhores looks!

Separei 15 produções casuais para inspiração.  Nesse mês abusei do jeans, da T-shirt branca e de modelagens de estilo mais retrô como a Mom


1 - Um look cinza não precisa ser sem graça, né? Compus a blusinha de malha com a saia rodada de renda!
2 - Look trabalho e happy hour. Body preto com decote em U e calça pantacourt verde-militar. Super chic!
3 - Look básico com graça, inspirado nos anos 90! Amo a elegância da t-shirt branca básica com a calça jeans azul na modelagem Mom.


1- Looks all jeans é só amor! A camisa com botões combina com a calça flare. A dica para compor duas peças jeans é misturar tons que se complementem e investir em modelagens valorizadoras que alongam a silhueta e em truques se styling, com amarrações.
2 - Look sábado à noite: cropped com mangas flare preto e saia jeans azul básica! Os detalhes ficam na make e nos acessórios.
3 - Look romântico: t-shirt preta básica com saia floral sempre dá certo!


1 - Blusa ombro a ombro vintage com botões e calça skinny: definição de conforto para trabalhar!
2 - Preto e vermelho nunca falham! Amo o efeito da calça flare jeans preta com o maxi cardigan preto.
3 - A blusinha preta de gola mais justa super combinou com meu amado jeans mom!


1 - Look de sexta-feira tem que ser assim, né? Um bom vestido valorizador. Amo esse tom de rosa-uva!
2 - Look hi-lo: t-shirt branca básica com a saia floral plissada é super fofo!
3 - Mais um look com o jeans mom que é um vício: blusa com uma alça preta colada. Valoriza super!


1- Short jeans Mom também fica uma graça! Produção básica com a blusa branca.
2 - Amo me vestir de all black. O cinto marrom dá uma quebrada na produção!
3 - Blazer nude é uma opção perfeita para ficar elegante no dia a dia. Mais uma vez a calça mom é a protagonista!

Curtiram os looks de outubro?
Teremos muito mais novidades em novembro, fiquem ligados!
Mil beijos!

outubro 26, 2019

Anticoncepcional e bem estar: é possível?

by , in
Anticoncepcionais fazem parte da minha vida desde os meus 12 anos. Nessa idade, fui diagnosticada com a famosa SOP (síndrome do ovário policístico) e, por isso, precisei iniciar o tratamento com o anticoncepcional para camuflar os principais sintomas: muita acne, pelos desordenados, menstruação irregular, etc e tal.

Ao longo de - literalmente - metade da minha vida, fui acompanhada por médicos, endocrinologistas e ginecologistas para entender o desenvolvimento dessa condição que é tão comum entre as mulheres e a partir disso ir tomando as decisões certas em relação ao meu organismo.

Aos 12 tomava o Harmonet, fiquei alguns anos com ele, mas desenvolvi uma veia atrás da coxa. Por causa do risco de trombose, parei e aos 14 comecei o Mínima. Fiquei com ele até os 17 anos quando o efeito rebote começou, as espinhas começaram a aparecer com muita intensidade. A partir dos meus 17 e até hoje aos 24 anos, faço uso do Yaz, que foi a melhor escolha para mim, até então.

Todo mundo sabe os riscos e benefícios que o anticoncepcional traz. O importante é salientar que cada caso é um caso! O que funciona para uma pessoa pode não funcionar para outra. O essencial é que o acompanhamento médico continue para que as melhores decisões sejam tomadas.

Reprodução Google
Curiosa que sou, no início deste ano, resolvi fazer um teste. Fui na minha ginecologista e falei sobre a possibilidade de parar o uso do anticoncepcional por alguns meses para ver como meu corpo respondia, afinal, depois de tantos anos, quem sabe a SOP tinha estagnado ou melhorado?

A médica me disse que tudo bem e me passou a requisição dos exames que precisariam ser feitos depois de 3 meses sem tomar o remédio, para ver como estavam minhas taxas hormonais.

E lá fui eu. No primeiro mês sem usar, tudo ótimo! Menstruei normal, rosto sem espinhas, estava mais ativa, malhando mais, mais disposta, sem as dores de cabeça comuns do uso do anticoncepcional. No segundo mês, alerta amarelo. Não menstruei, comecei a ficar com muitas espinhas na testa, no colo e nos braços e a autoestima começou a dar sinais vermelhos.

Eu só precisava de mais um mês para fazer os exames e constatar o que na minha cabeça já estava claro: a SOP continuava bem presente no meu corpo, infelizmente.

Não consegui ceder à pressão que a acne e outros fatores estavam me causando, como odores na região íntima, e por isso, depois de 76 dias sem tomar o Yaz, voltei.

A volta foi tranquila. No primeira cartela ainda estava com espinhas, mas para minha surpresa, minha disposição continuava e os odores foram embora, o corpo começava a se reequilibrar hormonalmente de novo. 

Hoje, já estou na quarta cartela da volta e continuo super ativa, felizmente minha menstruação enfraqueceu e eu sinto pouquíssimas cólicas, antes sofria muito de dores de cólica! A acne já diminuiu consideravelmente e eu sigo uma vida com muito mais bem-estar, sem dores de cabeça ou no corpo. Ou seja, com os ônus e bônus, parar e voltar de tomar me fez bem!

Muitos médicos dizem que o melhor tratamento para a síndrome do ovário policístico é mudança de estilo de vida: fazer exercícios físicos, comer balanceadamente. Eu, particularmente, me considero vivendo uma vida bastante equilibrada, malho regularmente, como bem. O anticoncepcional ainda é a melhor escolha pra mim, mas tudo pode mudar ao longo dos anos e é bem provável que eu precise tomar novas decisões.

*Este post é um relato pessoal. Procure um médico para avaliar a melhor opção para o seu caso.

Beijos e até a próxima!
outubro 20, 2019

INOAR Nutrição, Macadâmia Oil - Review Shampoo e Condicionador

by , in
Hoje é dia de resenha de produto novo por aqui!

Nas minhas andanças por lojas de cosméticos, vi uma promoção que me chamou muito a atenção. Shampoo e Condicionador de nutrição da INOAR. Primeiro, sempre tive vontade de experimentar essa marca. Segundo, meu cabelo ama produtos que têm como objetivo a nutrição dos fios.

Dito isso, fiquei super disposta em pagar R$12,90 em cada produto para fazer o teste!


Detalhes sobre produtos de nutrição

Falei em um post de algumas semanas atrás sobre cronograma capilar, para explicar que a nutrição é parte fundamental para o tratamento dos cabelos.

A linha Macadâmia Oil da INOAR traz elementos em sua composição que deixam os fios mais fortes, sedosos, sem frizz, com brilho e movimento. 

Óleo de Macadâmia, Óleo de Argan e Aloe Vera juntos são potências para nutrir qualquer tipo de cabelo! O aloe vera (famosa planta babosa) previne a queda dos fios, o óleo de argan é pouco gorduroso e funciona até em cabelos oleosos trazendo maciez e balanço e o óleo de macadâmia diminui o frizz e impede que pontas duplas se formem e que os fios quebrem.

Portanto, a nutrição auxilia contra o ressecamento dos cabelos, repondo com os óleos as camadas de lipídios que perdemos em nossos fios no dia a dia. 


Como saber se preciso nutrir meus fios?

Todo cabelo precisa de cuidados contra o frizz, ressecamento, queda, quebra e pontas duplas. Em alguns tipos de fios esse cuidado precisa ser maior. Quem tem cabelo oleoso também precisa tomar cuidado com a periodicidade do uso de produtos de nutrição, porém essa linha da INOAR é destinada para qualquer tipo de cabelo, com moderação, claro!

Eu particularmente amo o efeito de produtos de nutrição nos meus fios, é a parte do cronograma que mais gosto e mais faço, porque dá certo pra mim! Então, vale salientar que testes sempre terão que ser feitos até você adquirir um maior conhecimento sobre o que funciona para a sua fibra capilar.



Nas fotos acima o resultado dos produtos no meu cabelo no dia da lavagem e um dia após, com o uso do secador, sem fazer escova. Percebam a maciez, brilho e alinhamento dos fios, tudo isso sem hidratação, só shampoo e condicionador mesmo!

O cheiro é uma delícia, meu cabelo ficou com aspecto de limpo por mais de 48 horas e com aquele efeito de super hidratado.

Fazia tempo que eu não me surpreendia tanto com uma dupla de shampoo e condicionador, principalmente pelo fator custo-benefício.

Aprovadíssimo! A linha cumpre o que promete.
Nota 10/10.

*esse post traz dicas, não publicidade.

Até a próxima,
Beijos nutridos!

outubro 13, 2019

Impressões depois de assistir o Coringa sozinha no cinema - SEM SPOILERS

by , in
Nunca fui fã de filmes de super heróis, DC, Marvel, etc e tal. Tive um ex-namorado nerd o suficiente para me influenciar, sem sucesso. Tive várias oportunidades de entrar nesse mundo, sem sucesso.

Até o belo dia em que assisti "10 coisas que eu odeio em você", me apaixonei por Heath Ledger e cheguei até Batman: O Cavaleiro das Trevas. Pude testemunhar a justiça feita para a sensacional atuação do Coringa com a risada mais fabulosa de todas: Um merecido Oscar póstumo de melhor ator coadjuvante para Ledger. De fato, era um ator surreal.

Anos depois, me deparo com o trailer do Coringa, filme de 2019, estrelado por Joaquin Phoenix. Na hora fiquei instigada e louca para assistir. Minha intuição me dizia que algo grande estava por vir.

O filme estreou no último dia 3 de outubro. No dia seguinte, dia 4, lá estava eu, sozinha, numa sala de cinema, pronta para mergulhar em uma série de sensações antagônicas e aterrorizantes.

Foto Reprodução/Divulgação Rolling Stone UOL
Decidi assistir sozinha, pois algo me dizia que eu precisaria refletir muito, e pra isso, precisava estar totalmente concentrada.

Dito e certo.

O filme é uma ficção poderosa que impacta através dos sentimentos. Entre a construção de um personagem baseado na realidade, o comportamento da sociedade frente ao distúrbio da mente, personalidade humana difícil e cenários psicológicos e psiquiátricos intensos, temos um dos melhores filmes em termos de reflexão deste fim de década.

A primeira lembrança que o Coringa me trouxe foi o misto de sensações que tive quando assisti Laranja Mecânica. Raiva, pena, nojo, temor, medo, receio, ansiedade, curiosidade, angústia, admiração. As inseguranças e as vertentes da mente de uma pessoa que sofre a todo tempo são coisas que não podem ser ignoradas ou tratadas com indiferença.

A maior lição que me foi dada foi exatamente uma frase dita no filme, mais ou menos assim: "A sociedade quer que o doente mental se comporte como se não tivesse nenhuma doença". A sociedade age dessa forma, mas continua tratando o doente como um ser inferior, aquém de qualquer respeito e dignidade. Foi aí que a dor chegou em mim.

Quando saí do cinema não tinha certeza se tinha gostado do filme. Foi tudo muito denso, muito intenso. Tinha certeza que tinha babado na atuação de Joaquin Phoenix, nos temas que o filme propôs, mas o roteiro em si era muita ficção pro meu gosto. 

Até que parei pra refletir. Precisei de dois ou três dias para entender que não era um filme sobre um anti-herói e sim um filme sobre a mente humana. E aí tive mais um estalo: QUE FILME. Daqueles que você não vê sempre. Mais que entretenimento, uma experiência.

Que venha o Oscar de Melhor Ator.

outubro 05, 2019

Fast Fashion: Coisa do passado?

by , in
Quem é ligado em moda já sabe que a Forever 21 entrou com pedido de falência e vai fechar mais de 150 lojas ao redor do mundo. 

Essa notícia pegou muita gente de surpresa, porém se a gente analisar o modo de consumo que o mundo está vivendo agora, conseguimos entender melhor os motivos dessas mudanças!

O poder das lojas de fast fashion

O conceito de fast fashion sempre me agradou, pois representa muito a vertente democrática da moda. Peças a custo baixo, inspiradas nas grandes coleções de grifes e estilistas conceituados, com qualidade inferior de fábrica, porém ainda digna de consumo: Na minha cabeça, não existe nada melhor que isso!

A produção em massa de peças de todos os tipos, para todos os estilos, versatilidade nas araras, rotatividade imensa, tudo isso parece ser a receita do sucesso eterno, né? E foi dessa forma durante muito tempo. Mas, assim como tudo na vida, a economia muda e o comportamento do consumidor corre junto com essas transformações.

Forever 21 de Miami. Foto: Flickr

Quais são as principais transformações no mercado da moda?

O consumo consciente, o slow fashion junto ao slow beauty, a oposição ao trabalho escravo que é comum em fábricas têxteis, a ideia de comprar roupas únicas que só você vai poder ter, a afirmação de identidade e sustentabilidade são as principais causas da decadência de lojas como a americana Forever 21.

Os brechós estão cada vez mais fortes e a ideia de se vestir com personalidade e não surfar na onda do que a maioria faz veio forte na geração Z e dos Millenials, que precisam contar uma história por meio de suas vivências e experiências. A efemeridade das lojas de departamento já não é tão atraente assim.

Alguns economistas ainda afirmam que além da mudança no comportamento das pessoas, existe a mudança para a economia digital. Outras fast fashion fortes no mundo como a Zara (da Espanha) e a H&M (da Suécia) também entraram na briga com a Forever 21 para buscar melhores pontos de venda, mas não se atentaram que a verdadeira concorrência era o e-commerce, mais forte a cada dia.

A ideia de ter o armário cheio de peças que muitas vezes você esquece que tem e não veste, de pagar mais barato e ter uma roupa que outras pessoas vão ter igual e de estar ligado ao consumo descartável das massas são coisas do passado. Ou será que estamos discutindo mais um acontecimento transitório na sociedade?

A moda é cíclica e as gerações se antagonizam. Será que essa realidade atual vai perdurar? Qual será o futuro do consumo de moda no mundo?

Deixo vocês com a reflexão dessas perguntas.
Até breve com mais informações!

Beijos
setembro 28, 2019

Maquiagem para iniciantes

by , in
Uma maquiagem bem feita é uma obra de arte, porém nem todos nós nascemos artistas 😅
Depois de assistir muitos vídeos, conversar com quem entende e praticar muito, a gente consegue chegar em algum lugar na maquiagem, né? Por isso, hoje é dia de mostrar um passo a passo de uma maquiagem para iniciantes feita por uma iniciante!



Maquiagem para iniciantes - Escolha de produtos

O primeiro passo para a make dar certo é escolher produtos bons, não necessariamente caros, mas bons. As marcas que escolhi para o post de hoje são O Boticário, Avon, Mac, Sephora e Natura, que são acessíveis até certo ponto, mas valem muito à pena o investimento.


Meu último investimento no mundo da maquiagem foi uma base líquida de alta cobertura e uma base em pó, ambas da MAC. Já tinha usado há anos, mas não tinha investido de novo por causa do preço. A base (R$169) e o pó (R$169) são caros, mas duram anos (literalmente, comigo) e são produtos excelentes. Achei uma promo na semana do consumidor que me deu um desconto ótimo e me fez comprar os dois de vez!

*A MAC possui dezenas de tons de base e pó para pele. Minha cor de pó é a NW20 (fundo rosado, pois minha pele é clara com áreas rosadas) e a cor da minha base é a N4 (fundo neutro, pois tenho áreas da pele neutras). A junção das duas fica exatamente o tom certo pra mim! Teste na pele antes de comprar a sua.

A make da pele é o passo principal para um resultado legal, principalmente para evitar frustrações se é o caso de uma maquiagem para iniciantes.


Para saber quais produtos comprar, além de ter a paciência de fazer testes e errar várias vezes, é  necessário assistir vídeos tutoriais de maquiadores e blogueiras de maquiagem e testar tudo nas lojas antes de comprar.

O delineador da Make B (R$49,90) é maravilhoso, o corretivo aquarela da Natura (R$29,90) tem uma cobertura ótima e o batom líquido da Ruby Rose (R$9,90) dura muito e é super confortável!

Passo a Passo

Primeiro de tudo, vem a preparação da pele. Lavar o rosto, passar uma água de beleza (termal, micelar ou espuma adstringente) e hidratar é super importante antes de aplicar a base.


Percebam a diferença que produtos bons fazem na pele! 

Apliquei a base no rosto inteiro com o pincel duo fiber, depois o corretivo na área das olheiras batendo com a esponja e por último selei a pele com o pó compacto.

Depois disso, fui para a parte dos olhos. É sempre legal escolher sombras bem pigmentadas e utilizar o primer de olhos para fixar melhor os produtos.


Eu demorei muito para conseguir esfumar direito a sombra nos olhos, porém com o pincel certo, mãos leves e o movimento de vai e vem repetitivamente o resultado é certo!

Mesmo assim, só escolho 3 tons de sombra, para não correr muitos riscos. Para essa make escolhi 2 tons de rosa escuro e um cintilante mais claro para fazer pontos de luz. Depois das sombras apliquei o delineador. Se você sente insegurança com o delineador líquido, teste um em gel ou um lápis preto forte com ponta macia.


Depois, apliquei os cílios postiços, o blush e a sombra iluminadora na maçã de uma bochecha e no ossinho do nariz para dar um efeito mais glow.

Blush Malva Avon (preço varia por campanha, mas fica em torno de R$40), Paleta de sombras City Girls (R$14,90) e Paleta Sephora (€ 15). 

Para finalizar, apliquei um lip balm nos lábios e o batom líquido matte cor 287 da Ruby Rose. O batom líquido confere um efeito mais profissional na maquiagem para iniciantes!

Resultado final

Consegui um efeito bonito, leve (não pesei a mão na base) e com tons frios que combinam com minha pele:



Eu demorava uma tarde inteira para fazer uma maquiagem parecida com essa. Depois de muita prática, consigo fazer em menos de 1 hora! Demais, né?

Coloquei alguns vídeos dessa maquiagem para iniciantes nos stories do meu instagram (@alissamagalhaes) pra vocês assistirem!

Até a próxima!
Beijos
setembro 18, 2019

O que é amizade pra você?

by , in

Amizade sempre foi parte importante da minha vida desde que me entendo por gente. Ainda criança, gostava de estar na companhia de pessoas com características afins ou complementares às minhas.

Conheço gente que não faz questão de ter amigos e conheço também quem é rodeado de muita gente mas não construiu nenhuma parceria de fato na vida. Eu não faço parte desse grupo de pessoas.

Pra mim, o bom da vida está em contemplar as relações. Relações com o ser humano, com a natureza, consigo mesmo. É assim que a gente cresce.

Nada melhor que compartilhar as dores e delícias de viver, as amenidades e futilidades, as complexidades, angústias, alegrias e sentimentos sobre a vida com quem se importa com a gente.

Com o amigo aumentamos nossas perspectivas, reafirmamos nossas opiniões, amadurecemos, colecionamos momentos, sentimos pertencimento.


É conversando com um amigo que formamos nossa personalidade, que definimos mais sobre quem somos, que fazemos escolhas na vida. O amigo é quem desperta para a parte doce e simples da existência, é com quem a gente pode se expressar sobre tudo ou sobre nada.

Existe beleza em reinventar amizades antigas, em construir novas e até em encerrar algumas para que outras que façam mais sentido cheguem e criem raízes.

O amigo guia, aconselha, ajuda. Quando somos amigos nos sentimos úteis, auxiliadores. Com a ajuda do amigo encontramos bálsamo, confiança, lealdade, aquela palavra ou incentivo que faltava. 

Na verdadeira amizade, até o silêncio é confortável. Os ciclos são mais suaves e os dias mais significativos.

E pra você, o que a amizade significa?


*Dedico esse texto a todos os meus amigos e amigas. Os que estão há anos comigo, os que acabaram de chegar, os que já foram e deixaram suas boas marcas. O ser humano que sou hoje é resultado de todos os sentimentos que a amizade proporciona.

setembro 12, 2019

Love, Beauty and Planet - Resenha Óleo de Coco e Ylang Ylang

by , in
Hoje é dia de falar de cabelo e de produto novo por aqui! A Love, Beauty and Planet é uma marca gringa de produtos veganos para cabelo que chegou esse ano no Brasil pela Unilever.

Com shampoos, condicionadores, máscaras, cremes para pentear e outras opções, a marca promete várias inovações para a rotina capilar das mulheres.

A primeira coisa que me chamou a atenção quando vi os produtos na farmácia foi a embalagem, confesso.
Todas são feitas 100% de plástico reciclado e o conceito da marca é lindo, bem contemporâneo. Os produtos não são testados em animais e foram idealizados para cuidar do planeta, ou seja: prometem um enxágue rápido com uso de menos água.

Existe um toque de slow beauty na marca, o que significa que é possível cuidar da autoestima consumindo produtos mais naturais!


Eu escolhi a linha amarela, de recuperação dos fios à base de óleo de coco. Optei por essa linha primeiro pelo fato de o meu cabelo gostar muito de máscaras de nutrição e também eu sou louca pelo cheirinho de coco!

No entanto, existem várias linhas com cheiros e objetivos diferentes. Tem a verde que promete volume e uma lavagem profunda, a lavanda de óleo de argan que promete reduzir o frizz (a próxima que eu vou experimentar!) e a rosa para cabelos cacheados. 

Eu fiz a escolha pela linha amarela de recuperação para a maciez e redução de frizz e pontas duplas do cabelo, já que faço uso de secador e prancha constantemente.

Comprei na Drogaria São Paulo. Os preços da Love, Beauty and Planet variam de R$19,90 a R$27,90 no Brasil.

Vamos começar pelo shampoo:


Primeiro ponto positivo do shampoo (R$24,90): o cheiro. Ô maravilha que é ficar com cheiro de coco por dias no cabelo! Aprovadíssimo.

Logo no banho, dá para perceber que o produto rende e lava muito bem. Na primeira aplicação a quantidade de espuma é inacreditável! Senti meu cabelo bem limpo. Ponto forte!

Passei o shampoo duas vezes e ele realmente teve enxágue rápido. Gostei!

Agora vamos para a máscara de hidratação, que como é feita de óleo de coco é considerada um creme de nutrição. (Para entender a diferença entre as máscaras e saber mais sobre cronograma capilar clique aqui!)


A hidratação (R$24,90) segue o mesmo cheirinho do shampoo, rende muito e só precisa de dois minutos para agir nos fios.

Deixei agir por cinco minutos, o enxágue também foi rápido e a sensação de maciez e fluidez no cabelo foi  instantânea e maravilhosa!

foto logo após a lavagem, efeito de secador e prancha, sem escovação.
O resultado pra mim foi mais que satisfatório! A junção do shampoo com a máscara potencializou o resultado. Cabelo macio, limpo, regular, com menos frizz, hidratado e com um cheiro delicioso!

Vale à pena investir na linha que combina mais com você.
Aprovadíssimo!

Nota 9/10.

Beijos e até a próxima!
setembro 07, 2019

Como montar qualquer look em lojas de departamento

by , in
Quem acompanha meus garimpos no instagram sabe que looks versáteis e maravilhosos podem ser montados em lojas fast fashion, as conhecidas lojas de departamento.

Muitas mulheres têm a dificuldade de visualizar um look com tantas opções nas araras das lojas. Por isso, volta e meia recebo vários directs com uma dúvida frequente: "como montar qualquer look em lojas de departamento?". 

Verdade seja dita, queremos a possibilidade de nos vestirmos bem, para qualquer ocasião, com roupa de qualidade e pagando pouco. Seria um sonho impossível? Não mesmo!

Para o post de hoje, bolei dicas e um passo a passo pra te ajudar no seu dia de compras! Bora?


01- Tenha um objetivo definido. Não entre em uma loja sem ter definido o tipo de look que você quer encontrar! É importante ter em mente a ocasião ou evento que você vai para otimizar o tempo na hora de selecionar as peças.

02 - As grandes lojas de departamento são separadas por sessões. Por exemplo, se você quer encontrar uma roupa nova para trabalhar, vai direto na sessão de roupas mais finas. Se quer montar um look mais descontraído, vai direto na sessão casual ou de tendências. Se vai para uma festa, vai na sessão de festa, que geralmente não tem tantas opções, mas garimpando é sempre possível!

03 - Pense de forma coringa. Independente do estilo de cada um, quando se escolhe peças coringas o resultado dá sempre certo. Ou seja: preto, branco, tons neutros, alfaiataria, malhas, tecidos, regatas, t-shirts, calças jeans.

04 - Se informe e se inspire antes de sair. A internet pode ser a ferramenta mais positiva de todas. Antes de sair, é super positivo ler um pouco sobre tons de cores, combinações de texturas e peças.Na aba de imagens do google estão disponíveis várias inspirações de looks. Quando saímos bem informadas de casa é difícil se perder nas lojas!

05 - Selecione pelo menos 3 looks diferentes para levar ao provador. Às vezes achamos que algo vai ficar bom e quando vestimos o resultado não é tão legal, ou vice-versa. Então para evitar várias idas ao provador e otimizar o tempo, entre com pelo menos três opções. Assim, as chances de alguma delas dar certo é bem maior!

Curtiram as dicas? 
O melhor das lojas de departamento são as múltiplas opções a que temos acesso. Pra muitas de nós isso também pode ser um problema, então o segredo é ter foco e um pouquinho de conhecimento de moda e autoconhecimento pra sairmos das compras satisfeitas e com aquela injeção de autoestima que merecemos.

Até a próxima!
Beijos


agosto 25, 2019

Looks casuais: Inspire-se!

by , in
Hoje é dia de inspirar vocês com minhas últimas composições do dia a dia!

Separei os melhores looks, todos de lojas de departamento. Vamos lá?


Look 1: Cineminha no fim de tarde. Blusa C&A, Calça e Bolsa Marisa
Look 2: Café no fim de tarde. Cropped Marisa, Short de linho C&A
Look 3: Trabalho. Camisa C&A, Calça Marisa, Bolsa Santa Lolla


Look 1: Jantar no shopping. Malha Riachuelo, Scarf Forever 21, Short C&A, Bolsa Monica Sanches
Look 2: Trabalho. Calça bootcut Marisa, Cardigan C&A
Look 3: Garimpo na C&A


Look 1: Trabalho. Blazer Leader, Saia Marisa
Look 2: Jantar/Recepção. Macacão Renner
Look 3: Trabalho. Blazer Moça Bonita, Calça Marisa


Look 1: Passeio turístico. Vestido Fundamental, Bolsa C&A
Look 2: Jantar do meu aniversário. Look Marisa
Look 3: Wrap dress de um garimpo na Renner


Look 1: Saída com amigas à noite. Body Renner, Saia longa Marisa
Look 2: Passeio turístico. Body e Short mom C&A
Look 3: Garimpo na C&A


Curtiram as inspirações? Percebam que eu repeti algumas peças fazendo combinações com outras. Amo as possibilidades dos looks casuais!
Vejo vocês em breve!

Beijos!
@alissamagalhaes
agosto 15, 2019

CRONOGRAMA CAPILAR: entenda hidratação, nutrição e reconstrução

by , in
Um cabelo bonito e saudável é TUDO de bom, né? Melhora humor, autoestima e até disposição!
Eu amo falar de rotina de cuidados com os cabelos, por isso, o assunto do nosso post de nº 200 não poderia ser outro: Cronograma Capilar.

O cronograma capilar é exatamente essa rotina de cuidados com as madeixas que tanto gostamos de fofocar sobre. É um termo que está bem alta nos últimos anos e funciona para todo tipo de cabelo.

Existem mil problemas no ambiente e no dia a dia que afetam nossos fios. O cronograma ajuda a eliminá-los de forma específica. 

Podemos dividir nossa rotina capilar em: hidratação, nutrição e reconstrução. Você pode escolher uma, duas ou até as três opções e intercalar cada uso em intervalos. Tudo vai depender do que seu cabelo precisa no momento!

Vou explicar cada uma e mostrar pra vocês os produtos que eu utilizo no meu cabelo!


Hoje no mercado há inúmeras marcas boas que já vendem produtos para o cronograma capilar. Eu, particularmente, tô na fase de experimentar marcas diferentes. Por isso vou mostrar 3 marcas distintas, porém a escolha é sua! Opte pelo que fizer mais sentido para você.

A hidratação deixa o cabelo mais saudável. Repõe a água e nutrientes essenciais perdidos nos fios e evita também o ressecamento em alguns casos.

A depender da marca e componente que você escolha, vários benefícios estarão associados.

→ Maciez, brilho e força;
→ Hidratação de longa duração;
→ Combate à queda, regeneração e reposição de vitaminas.

Se seu cabelo está precisando do que está listado acima, para identificar a máscara de hidratação basta procurar por produtos que contenham algum desses componentes:

D-Pantenol
Babosa
Aminoácidos
Manteiga de Oliva

Salon Line R$16,90

Esse é o creme de hidratação que eu uso no momento. Já fiz resenha dele! Clique aqui. O preço é ótimo e a durabilidade também!

Já a nutrição repõe lipídios aos fios e atua principalmente na questão do ressecamento. Outros benefícios estão envolvidos:

→ Brilho e proteção;
→ Flexibilidade e maciez;
→ Sensação de saúde e cutículas alinhadas.

Produtos que são nutritivos contém:

Óleo de Argan
Óleo de coco
Óleo de Girassol
Óleo de Rícino


Essa é minha máscara de nutrição. Comprei em Londres em novembro de 2017 e ela dura até hoje. Incrível! (Já comecei a economizar, só resta o suficiente para umas 3 lavagens agora.) Comprei por 5 libras em uma farmácia de lá. Aqui dá para comprar pela internet por uma média de R$90.

A reconstrução melhora o aspecto quebradiço dos cabelos e atua melhorando a textura (quando o fio está fino, poroso ou elástico demais). Ideal para quem sofre com a ação da química!

A queratina é o principal componente desse tipo de máscara, pois garante uma quantidade considerável de proteína ao fio.

→ Atua na quebra e porosidade;
→ Melhora o aspecto de cabelos com química (alisantes e tinta);
→ É a fase mais potente do cronograma. Só deve ser feita semanalmente em cabelos muito danificados;
→ O ideal é fazer reconstrução duas vezes ao mês.


Esse máscara reconstrutora na verdade é de minha mãe que possui luzes no cabelo. Meu cabelo é natural e eu nunca preciso usar esse tipo de creme, porém já testei duas vezes e achei maravilhoso o resultado. O cabelo me pareceu mais forte e encorpado. R$56,90.

Gostaram das dicas?
Eu adoro testar produtos. Na próxima vou escolher 3 máscaras de cronograma capilar da mesma marca, Que tal?

Vejo vocês com mais no meu instagram @alissamagalhaes
Até a próxima, beijos!



agosto 04, 2019

Como lidar com novos ciclos

by , in
Um novo ciclo começou na minha vida há algumas semanas e eu já me vejo com vontade de falar sobre ele, mesmo sendo uma realidade recente.

Meus dias mudaram, minha rotina mudou. Comecei em um emprego novo na metade de julho (meu mês/novo ano chegou com muitas transformações pra mim) e já percebo várias facetas diferentes que minha nova vida vem me trazendo.

Primeiro de tudo, tô amando a fase. Me sentindo produtiva, mais adulta, com mais responsabilidade. Tudo o que eu sempre fui e quis colocar em prática, agora se torna real em cada diazinho útil da semana. 

Em setembro completo 2 anos de formada e esse é meu primeiro emprego certinho, o que me traz imensa felicidade porque vocês sabem né, a vida de freelancer tava puxada. Agora sou redatora de um site, me sentindo mais jornalista e mais Rory Gilmore também (Got a real writing job!!!). Ganhar dinheiro pra escrever me arrepia em todos os sentidos possíveis.

Enxergo essa etapa como uma força. Como um impulsionamento para crescer, empurrar todas as portas que sejam feitas para mim ao longo do caminho, e como uma oportunidade de me conhecer como profissional e evoluir.

Vista da minha mesa no trabalho
Compartilho aqui nesse pequeno diário que (sempre) vai ser parte importante de mim, pra mostrar um outro lado da vida de jovem adulto pra vocês.

Antes de chegar onde eu estou agora, passei por alguns perrengues existenciais. Não tenho a paciência como virtude na essência, mas tive que aprender a ter para viver melhor. A jornada é de aprendizado. E nada é melhor que isso.

Percebi que exatamente tudo na vida acontece na hora e do jeito que tiver que acontecer. Meus maiores sonhos ainda não aconteceram fisicamente, materialmente. Mas sinto que estou cada vez mais perto, não importa quão longe eles pareçam estar.

A verdade é que todo sonho já se realizou dentro de mim. Só preciso de mais tempo, mais experiência e mais ação para transformá-los na minha futura rotina.

Ainda é início de agosto e eu me sinto com toda a vida pela frente. Um brinde aos novos ciclos da vida.

Como lidar? Com fé, serenidade, maturidade, esperança, trabalho duro, investimento em ser um ser humano melhor. Dia após dia.

Vamos?