novembro 27, 2016

TCC: O que saber, o que fazer, como lidar

by , in
Pânico, medo, estresse, desafio, discordância, ponto de vista, dificuldade, ansiedade, conflito, incerteza. Alívio, orgulho, possibilidade, crescimento, responsabilidade, humildade, conhecimento.

Todas essas palavrinhass foram o resultado de tudo o que aprendi, treinei e pratiquei durante o meu TCC. Hoje, vim falar sobre esse processo que a maioria das pessoas passou ou vai passar durante a vida acadêmica, e que só de ouvir falar, dá aquele susto!


O Trabalho de Conclusão de Curso nada mais é que uma pequena morte que te deixa louco. Brincadeira! O TCC é o trabalho final que vai te graduar no seu curso da faculdade. Trabalho esse que consiste em pesquisa, tempo, monografia, e todas as outras coisas grandes que assustam. 
Quando entrei na faculdade em 2013, ansiosa que sou, já comecei a pensar em como seria o meu tcc, mas tanta coisa muda durante os anos de faculdade que não vale a pena gastar energia com isso logo no início, então essa é a dica número 1.

- Primeiro, mantenha a calma e não pule etapas

O melhor momento para começar a pensar no tema do seu TCC é na metade do seu curso, porque você vai ter uma boa base de conhecimento específico e, principalmente, vai se conhecer melhor pra saber o que realmente quer fazer. Para escolher o tema certo, é preciso checar a viabilidade da pesquisa, de fontes e/ou base teórica. 
Quando tudo isso tiver ok, as primeiras frases vão começar a surgir.

- Seu tema tem que ter impacto, relevância e originalidade, não importa se você é de exatas, humanas ou biológicas. Mostrar um trabalho especial é o caminho para o sucesso. (Chavão, mas é a mais pura verdade!). Meu tema, por exemplo, foi "Assédio sexual e Vestuário feminino nos espaços públicos de Salvador". Legal, né? Forte! A cara do meu curso de Jornalismo. Mas antes de chegar aí, até "Aquecimento Global" foi cogitado, então... Não né? Pense com muito carinho, tema é algo que demanda tempo!

Escolha um assunto que você domine, goste, mas que ao mesmo tempo seja fácil de trabalhar e que te faça aprender a cada dia. É importante construir facilidades durante o caminho, pois é um processo árduo e cheio de dificuldades. Por exemplo: aquele autor nem sempre vai te ajudar, ou você pode se decepcionar com o que conseguir no primeiro mês, vai ter que cumprir mil prazos, etc. Então é necessário estudar o que você sente paixão e fugir de tudo o que é comum e que já exista.

- Você precisa estar motivado o tempo todo, senão, não sobreviverá

Depois que tiver o tema, comece a filtrar o que realmente acrescentará o tcc em termos teóricos. Use e abuse dos professores que orientam, eles são as luzes no fim do túnel.

Se seu trabalho for em grupo (como o meu foi obrigatoriamente), prefira formar uma equipe com pessoas que tenham afinidade de tema e que trabalhem bem juntas, como uma engrenagem, porque é um trabalho imenso e lidar com personalidades diferentes é muito difícil. Esqueça os amigos nessa hora, tcc pode abalar amizades. 
Se o grupo não for obrigatório, faça sozinho e tenha sempre um cronograma e um controle do que está feito e do que está por fazer.

- Organização é tudo! Ajuda a lidar com a pressão envolvida e com a quantidade de coisas que precisam ser feitas.

Lembre que é um processo. Hoje pode ter sido um dia ruim, mas amanhã vai ser um dia bom. É importante ter em mente que sua saúde psicológica tem que estar bem, e nos dias que não estiver (serão vários dias assim), relaxe, pense em outra coisa, tire um dia de tranquilidade e depois retorne. 
O estresse é uma certeza e vai predominar, mas se puder deixar de lado por algumas horas, vai ser de grande ajuda

Deu pra ter uma noção? Agora vamos resumir:

- Prepare-se, você vai ter que trabalhar muito
- Busque a excelência, sempre! Nada melhor que se formar com orgulho de você mesmo
- Tenha calma, paciência, tranquilidade. Consigo mesmo e com os outros
- Tire vantagem do que puder. Da Internet principalmente! (com responsabilidade)
- Não se desespere, nem entre em pânico. Você vai lidar com vários sentimentos, mas é natural
- Enxergue as coisas como um grande aprendizado
- Otimize seu tempo. É um trabalho grande, mas não é um bicho de sete cabeças. Se você usar o dia bem, não precisa usar a madrugada. Seja esperto e organizado!
- Lembre-se sempre que você fez uma escolha, faça isso sabiamente e evite o arrependimento durante o percurso
- Seja crítico e sofistique seu trabalho a cada correção
- Ensaie sua apresentação para a banca final. É legal mostrar confiança e domínio do que vai ser falado no último momento

O que você realmente precisa saber é que esse trabalho é o primeiro "trabalho da sua vida", vai determinar sua graduação e que é importante levar a sério. O que você precisa fazer é conduzir o processo da maneira mais correta possível: pesquisando muito, lendo muito, perguntando e tentando responder ao mesmo tempo. 
Praticar a auto-crítica para crescer como estudante e no final se sentir seguro o suficiente pra defender sua pesquisa é o que finalizará seu trabalho com maestria. E para tudo isso dar certo, você tem que lidar com calma e tranquilidade, a verdade é que no final dá tudo certo. Basta aliar competência com trabalho árduo, assim como eu fiz. 

Digo pra vocês, é estressante demais, muito choro e nervosismo envolvidos, mas é revigorante, valeu MUITO a pena simplesmente pelo orgulho que a gente sente com o resultado, afinal "o trabalho digifica o homem". 
Boa sorte!

Mais dúvidas? Só falar aqui embaixo!
Mais fotos e novidades lá no meu instagram

Beijos!




novembro 23, 2016

#GarimpoModalissa - Black Week Novembro/2016

by , in
Aqui estou eu com mais um #GarimpoModalissa pra vocês (Yay!)
Quem é ligado como eu em promoções e ofertas sabe que estamos em plena Black Week (a antiga black friday) que, teoricamente, é um período com grande remarcações de preços de produtos nos shoppings e centros comerciais.

Fui conferir a realidade e eis aqui o resultado pra vocês:


Comecei pela Renner que é a minha loja de fast-fashion preferida. Achei essa basiquinha branca soltinha que combina com tudo, tava R$19,90. Tinham vários modelos básicos e clássicos nesse valor!
Fui procurar biquínis na promoção, afinal o verão ta aí, e realmente tinham opções remarcadas, mas quando eu achei um top bonito, não tinha a calcinha correspondente! Assim não rola, né?

Mas pra compensar, achei óculos lindoooos!! Preços entre R$59 e R$89. Tá bom, vai? Proteção UV e muito estilo:


Redondinhos, espelhados, aviadores... Vale a pena dar uma conferida!


Depois da Renner, passei na C&A e achei umas camisas baby-look bem divertidas, tipo essa acima com estampa do macaco louco. Tá super in e os preços variam entre R$15,99 a R$29,99. Mais cool que isso só a variedade de estampas por lá. Adorei!

Outra coisa boa da C&A são os vestidinhos como esse da foto. Fofos e femininos, todos na faixa de R$39-R$59.


Muitas estampas disponíveis! E a C&A tava com o mesmo problema da Renner nos biquínis: muitas opções, mas sem combinações!

Passeando por vitrines, achei essa blusinha ombro-a-ombro com crochê linda da In the Street:


Depois disso, passei na Riachuelo e achei um cropped floral super fofo pro dia a dia (também ombro-a-ombro que é uma tendência que eu tô amando) de R$29,90. Tinham outras estampas e cores disponíveis também!


Achei uma bata floral super fresca (R$29,90), a cara do verão, bem praiana pra usar com shortinho ou minissaia:

Uma gracinha, né?

Encontrei 2 looks maravilhosos na Barred's:
Um vestido de R$59 e um look completo por R$50! 
A combinação marinho+branco é super elegante!

Por último, fui na Feranda e achei esses óculos l i n d o s!
Qualquer um na loja por R$90.


Eu comprei um lindo meninas, especialmente para o próximo #AlissaViaja que vai acontecer em Dezembro, mas só vou mostrar pra vocês lá, hein? Então fiquem curiosas!

O garimpo de hoje acaba aqui, mais dúvidas, informações ou comentários é só falar aí embaixo. Estou no instagram com muita novidade pra vocês, diariamente!

Beijos garimpeiros!

novembro 14, 2016

Flores & Fast Fashion

by , in
Ainda é primavera e hoje estou aqui pra mostrar um achado lindo, confortável e elegante de uma fast fashion que a gente adora!

Sabe quando você quer um look diferente, mas prático? Tipo uma peça só mesmo?! E aí você quer aliar a estação, cores legais e caimento perfeito? É possível minha amiga!

Tcham tcham ram ram:


Eu nunca pensei que fosse gostar tanto de peças longas (vestidos, saias, macacão) e eis aqui um look versátil, poderoso e comfy! Esse macacão é da Marisa e foi R$99. Ideal para as baixinhas e com uma estampa primaveril sóbria e linda!


Percebam como esse look é floral, mas ao mesmo tempo não é tão "chegay" exatamente por causa do azul marinho que é o plano de fundo. Azul escuro é sinônimo de elegância e sobriedade no look. Deu aquele equilíbrio que eu tanto adoro!


Pra deixar bem combinadinho, usei um salto mais baixo (8 cm) de tiras cor de caramelo que combina com tudo! Esse é da Vizzano e custou R$99, um coringa!


Achar looks lindos e sofisticados em lojas de departamento é possível sim, basta ter paciência e sair garimpando por aí! Vocês que me acompanham sabem, vale super a pena achar peças boas e pagar menos por elas!


E aí, curtiram meu look mulherão cheio de possibilidades? Bora ali almoçar, ou curtir um cinema, ou quem sabe ir em um aniversário?

Volto já, mas tô lá no instagram com conteúdo exclusivo pra vocês!

Beijo cheio de flor!
novembro 08, 2016

Moda traz possibilidades

by , in
Hoje vim fazer diferente por aqui: Não será apenas um post de look do dia para inspirar, e sim o significado por trás da inspiração.

Por meio de toda a minha paixão e meu (pouco) conhecimento em moda, percebi que existem duas coisas chamadas democracia e senso crítico que fazem todo o sentido se faladas juntas. 
A moda existe para reconstruir, ajudar pessoas em suas reinvenções, para o chavão da quebra de padrões e, principalmente, para a auto-aceitação. Exemplo: não é porquê uma certa peça de roupa é linda que ela vai combinar com todo tipo de corpo (senso crítico), mas vale a pena tentar e ousar e se você se sentir bem é o que vale (democracia). Captaram?

Hoje vou falar de uma peça de roupa em específico que me fez perceber essas duas questões mencionadas acima. Quem me acompanha sabe que sou baixinha (1,58m) e que costumo usar looks que alongam minha silhueta. Já tive a maior resistência em usar peças longas, até que experimentei uma que me fez ver que era possível. Ou seja, o segredo é tentar e baixinhas podem sim usar longos, mas não é todo longo que vai ficar bom. É por aí...


Esse vestido é tudo de bom, né? É um longo de estampa floral, super leve e com transparência da metade para baixo. Gosto da mistura das cores verde, preto e rosa, acho elegante, e achei que caiu em mim como uma luva! Me senti longa, sem perder minha personalidade de baixinha... Fora que ele é bem primaveril de uma maneira sóbria!


A fenda presente nele dá o ar de leveza. Para deixar a peça com mais classe ainda, usei meu salto mais baixo, caramelo claro de tiras. Bem confortável, versátil e combina com tudo!


O tipo de look que causa, né gente? Close certo na pose de diva! Dá pra ir pra festa, aniversário, almoço, evento ao ar livre...


O legal de se permitir experimentar novas roupas é a liberdade que você pode sentir! As possibilidades de se reinventar, se sentir diferente, se amar mais!


A sensação de colocar uma roupa e não querer mais tirá-la é uma das melhores pra quem curte moda. Nada melhor do que se sentir plena, e não só por fora, quando sua identidade é afirmada e firmada, você se sente nas nuvens!


Para finalizar o look, acessórios como óculos e jóias são sempre bem vindos! Fecham com chave de ouro.


Um sorriso, deixar o vento bater e a vida mudar, isso sim tá sempre na moda e faz bem!


E aí, ficou com vontade de mudar, experimentar, testar?
Te prometo que mesmo se você não gostar de alguma coisa que queria tentar, vai se sentir bem por ter visto que possibilidades estão aí para serem vividas.
A moda auxilia em nossa forma de viver a vida de uma maneira tão forte que se a gente se permitir, vamos ficar positivamente surpreendidos!

Espero que vocês tentem, gostem e me contem! Tô sempre por aqui e lá no instagram também.
Mil beijos!

Fotos: André Jorge
Locação: Salvador, Bahia
Vestido: Elementais
Salto: Vizzano
Jóias: Rommanel
Batom: Cravo e Canela de Avon
Óculos: Rayban
novembro 04, 2016

Cabelo bonito é cabelo saudável! #GreatHairDay

by , in
O cabelo é a moldura do rosto, então para garantir a beleza dos fios, é importante seguir alguns rituais! Eu sou apaixonada por tudo o que diz respeito a cabelo desde novinha, e hoje vim compartilhar com vocês, algumas dicas bem importantes para evitar o famoso e constante Bad Hair Day!



Mas antes de tudo, vou explicar o resultado da foto acima!

O que fiz:

-Aplicação do shampoo Aussie Moist 2 vezes (se já fizer espuma na primeira aplicação, não precisa fazer a segunda)

-No comprimento do cabelo coloquei a Ampola 3 minutos milagrosos da Pantene (o equivalente a 1/4 da embalagem e deixei agir por 3 minutos). A hidratação abre as cutículas do cabelo!

-Finalizei a lavagem com o condicionador Aussie Moist para fechar as cutículas.
Depois disso sequei o cabelo com secador por aproximadamente 20 minutos, isso ajuda a selar o fio e potencializa o efeito da hidratação! 

Pronto!
Agora vamos para dicas preciosas e bem simples para o dia a dia no cuidado com as madeixas:


- Quem tem cabelos mistos (ex.raíz oleosa e pontas secas) como eu, tem sempre que ponderar sobre a quantidade de hidratação/lavagens que fazemos nos fios. Por exemplo, eu lavo o cabelo em média dia sim-dia não, ou no máximo a cada dois dias, e hidrato a metade do comprimento até as pontas, uma vez por semana.
- Quem tem cabelos secos, é ideal hidratar mais vezes e cauterizar o cabelo, pois a queratina fortifica os fios e dá aquele efeito saudável.
- Se seu cabelo é oleoso, opte por shampoos mais secos e não esqueça de que espuma na lavagem é sinal de limpeza!
- Usar secador, prancha e baby liss faz mal? Eu não sou expert, mas acredito que um cabelo bem hidratado, forte e protegido, não vai ser danificado pelo uso desses acessórios facilitadores da vida!
- Nunca passe condicionador e creme de hidratação na raíz do seu cabelo. NUNCA! Independente de ser seco, oleoso ou misto. Seus poros e cutículas vão ficar sem respirar e o close na caspa vai ser certo!
- Prefira prender com presilhas-piranhas ou xuxinhas de silicone que não marcam nem quebram o cabelo
- Não durma de cabelo molhado, nem prenda o cabelo úmido
- Não penteie de qualquer jeito, utlize de prefência pentes de dentes largos de madeira, que não quebram os fios!


E aí, ajudei vocês?
Qualquer dúvida é só comentar aqui embaixo!

Tem mais lá no meu instagram

Beijos e até a próxima, gente!