Olimpíadas no Brasil: Reflexão sobre Rio 2016

Ser brasileiro. É um estado de espírito, é emoção, para uns às vezes é até vergonha, mas principalmente, é amor. 

Não estou aqui para fazer juízo de valor, nem crítica aos milhões destinados e gastos aqui e acolá. Estou aqui porquê é real o impacto positivo que um evento que transcende gerações causa em um país  como o nosso, cheio de grandiosidades, mas muitas vezes cego de sensações para perceber tamanha magnitude.

A Olimpíada Rio 2016 nos permitiu enxergar o que sempre esteve na nossa frente, e com todas as nossas belezas e contrastes, não temos o costume de dar o devido valor. Valor de ganhar, perder, competir, aprender. Valor do atleta, da torcida, do nativo, do estrangeiro. 

Que daqui pra frente, possamos aliar cada vez mais a Educação e o Esporte, que têm juntos muito poder de mudança. Que país é esse? É o NOSSO Brasil. Brasil de tanta cor, amor, diversidade. Não vamos diminuir nossa terra, não! Vamos combater questões políticas com manifestações de paz. Não vamos deixar centenas de maus derrubarem 200 milhões de bons! Vamos valorizar o quão únicos somos! Vamos amar esse lugar que foi palco de um acontecimento tão marcante para a vida de tantos! 

Que o esporte vire rotina, que saibamos os nomes dos nossos outros Neymar's. Não só pelos 7 ouros, 6 pratas e 6 bronzes. Mas por cada jogo, batalha e esforço nas partidas da vida. Vamos celebrar os sucessos e melhorar os infortúnios. Foi lindo! O mundo nos viu, e viu bem! Mostramos, abraçados e guiados pelo Cristo Redentor, que o "exótico", o "simpático" e o "misturado" é na verdade o único, o caloroso e o diverso Brasil.

Obrigada Rio 2016, por me fazer vibrar junto com milhares, mesmo que de longe. 

Com muito ORGULHO e com muito AMOR,
Alissa.

 
Foto: veja,abril.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário