Atypical, uma série que emociona e faz pensar

Preciso dizer pra vocês que há alguns meses assisti às duas temporadas da série Atypical disponíveis na Netflix e fiquei positivamente surpresa.

Não é meu tipo de série favorita (vide Gilmore Girls, Gossip Girl, PLL, Friends, The Good Wife, etc), mas eu amo quando assisto algo que não tem a ver comigo e mesmo assim consigo sentir empatia e emoção.

Essa série basicamente mostra a rotina de Sam, adolescente de 18 anos diagnosticado no espectro do autismo que cursa o último ano do High School. Com enredos jovens e naturais como futuro, sexo, amizades, drogas, experiências e frustrações, essa série faz a gente pensar mais no outro e torcer para que tudo melhore de algum jeito em nossa sociedade e nas relações humanas.

Reprodução Google/ Netflix/ National Autistic Society

Além de trazer os conflitos e realidades da família de Sam, os desejos e anseios de um jovem com autismo e desmitificar essa condição, a série me fez enxergar pontos simples e preciosos do dia a dia entre os amigos, familiares e pessoas do convívio pessoal.

A narrativa é expressiva e muito real e natural, me fez refletir e repensar a vida e entender como uma pessoa autista enxerga o mundo e os outros. É sensacional o fato do desconhecido que logo depois vira conhecido. 

Após assistir a série, enxergo o autismo de maneira totalmente diferente e tenho muito mais respeito e solidariedade por quem vive nessa condição, que, by the way, não tem nada de atípica.

Adorei a forma leve que foram mostradas determinadas situações complicadas, adorei a falta de preconceitos no roteiro, principalmente em relação às sessões de terapia a que o personagem principal se submete para melhorar. E preciso falar, personagem muito bem escrito e cheio de nuances. Daqueles que a gente tem raiva e pena, torce e enjoa, tudo ao mesmo tempo, sabe?

Incrível como uma história bem escrita pode nos fazer despertar. Já espero ansiosamente pela próxima temporada.

São 10 episódios na 1ª temporada e 12 na 2ª. Assisti tudo em duas semanas!
Não darei spoilers. Essa série é uma indicação pra vocês, afinal, dica boa é dica compartilhada!

Beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário