Como lidar com novos ciclos

Um novo ciclo começou na minha vida há algumas semanas e eu já me vejo com vontade de falar sobre ele, mesmo sendo uma realidade recente.

Meus dias mudaram, minha rotina mudou. Comecei em um emprego novo na metade de julho (meu mês/novo ano chegou com muitas transformações pra mim) e já percebo várias facetas diferentes que minha nova vida vem me trazendo.

Primeiro de tudo, tô amando a fase. Me sentindo produtiva, mais adulta, com mais responsabilidade. Tudo o que eu sempre fui e quis colocar em prática, agora se torna real em cada diazinho útil da semana. 

Em setembro completo 2 anos de formada e esse é meu primeiro emprego certinho, o que me traz imensa felicidade porque vocês sabem né, a vida de freelancer tava puxada. Agora sou redatora de um site, me sentindo mais jornalista e mais Rory Gilmore também (Got a real writing job!!!). Ganhar dinheiro pra escrever me arrepia em todos os sentidos possíveis.

Enxergo essa etapa como uma força. Como um impulsionamento para crescer, empurrar todas as portas que sejam feitas para mim ao longo do caminho, e como uma oportunidade de me conhecer como profissional e evoluir.

Vista da minha mesa no trabalho
Compartilho aqui nesse pequeno diário que (sempre) vai ser parte importante de mim, pra mostrar um outro lado da vida de jovem adulto pra vocês.

Antes de chegar onde eu estou agora, passei por alguns perrengues existenciais. Não tenho a paciência como virtude na essência, mas tive que aprender a ter para viver melhor. A jornada é de aprendizado. E nada é melhor que isso.

Percebi que exatamente tudo na vida acontece na hora e do jeito que tiver que acontecer. Meus maiores sonhos ainda não aconteceram fisicamente, materialmente. Mas sinto que estou cada vez mais perto, não importa quão longe eles pareçam estar.

A verdade é que todo sonho já se realizou dentro de mim. Só preciso de mais tempo, mais experiência e mais ação para transformá-los na minha futura rotina.

Ainda é início de agosto e eu me sinto com toda a vida pela frente. Um brinde aos novos ciclos da vida.

Como lidar? Com fé, serenidade, maturidade, esperança, trabalho duro, investimento em ser um ser humano melhor. Dia após dia.

Vamos?

Nenhum comentário:

Postar um comentário