Encantos de Lisboa

Depois de Paris e Londres é hora de conhecer a capital de Portugal: Lisboa!

Originalmente, minha Eurotrip de 2017 seria somente para a França e Inglaterra, mas por causa do voo de volta, consegui passar 1 dia em Lisboa, o que foi ótimo porque conheci 3 países na mesma viagem e acabei conhecendo mais lugares, mais pessoas, ou seja, tenho mais histórias para contar! 

Esse post vai ser sobre as minhas impressões gerais de Lisboa, afinal foi só uma passadinha, mas adianto que esse breve encontro com Portugal me fez querer voltar o quanto antes! 



Cheguei em Lisboa na noite de um dia e fui embora na tarde do dia seguinte, então só tive o período da manhã para conhecer alguma coisa e ir direto para o aeroporto! Mas como boa viajante, aproveitei as horas da manhã muito bem, obrigada!

Como de praxe, vamos começar pelo hotel. Fiquei hospedada na Pensão Nova Goa que fica no centro histórico de Lisboa. Como fechei pelo Booking.com (essa viagem não era mais a excursão da CVC como foi em Paris e Londres), optei por uma hospedagem que tivesse um bom custo-benefício.

Essa era a vista do meu quarto
Paguei pelo quarto R$190, que deu 52 euros. Não era nada luxuoso como os hotéis 4 estrelas que fiquei nos outros países, afinal é uma pousada, mas era bem confortável, ótimo café da manhã e localização incrível! A Pensão Nova Goa fica perto de pontos de ônibus/bonde, o que facilitou minha vida já que eu tinha pouco tempo. Turistas que buscam praticidade, é uma boa dica!

Acordei cedinho nesse dia pois queria conhecer a Torre de Belém, o Mosteiro dos Jerônimos e o Monumento do Descobrimento. Eu saí do hotel às 8h e tinha que voltar às 12h pois era a hora do check out e o horário ideal para já ir para o aeroporto porque meu voo de volta para Salvador era às 16h30. Sintam como fiquei apertada de tempo! Mas com organização a gente vai longe, e eu fui!

Torre de Belém

Pegamos o ônibus de 2,90 euros da Praça da Figueira (eu estava com amigos que fiz na excursão!) e fomos para Santa Maria de Belém (um percurso de mais ou menos 20 minutos).  

Chegamos na Torre de Belém que é bem bonita, mas é menor do que eu imaginava. Acho que depois de ter visto tantos monumentos, construções e arquitetura enormes em Londres e Paris fiquei um pouco decepcionada. Mas por outro lado, foi um lado da história que me emocionou presenciar, afinal Portugal é quase Brasil né? São nossas origens e é emocionante ver de onde tudo começou.

Monumento Padrão dos Descobrimentos
Andando alguns passos da Torre de Belém tem o Padrão dos Descobrimentos, monumento que simboliza de onde nosso Brasil e tantas terras descobertas pelos portugueses surgiram. Fica na margem direita do Rio Tejo e é lindo, bem azul, histórico (e venta muito também!)

O legal é que os lugares que eu queria visitar eram bem próximos uns dos outros. Todos os pontos turísticos que eu mostro neste post eram basicamente no mesmo "bairro". Só ficou faltando o Castelo de São Jorge que vou conhecer da próxima vez! Deu pra fazer tudo a pé, só precisei pegar o ônibus pra voltar pro hotel mesmo.


Logo mais perto do monumento do descobrimento tem esse pequeno porto que é lindo para fotos! Tudo em Portugal cheira a história e é emocionante porque dá para nós brasileiros realmente nos relacionarmos com eles. Porque será né? (Risos)


Esse ao fundo é o Mosteiro dos Jerónimos (assim com acento agudo no O mesmo), onde está sepultado Vasco da Gama. É Patrimônio Mundial pela UNESCO assim como a Torre de Belém.  Vale a pena a visita!


Na frente do Mosteiro tinha um jardim lindo que eu aproveitei para tirar várias fotos. Digno de clicks maravilhosos!

Praça do Comércio (tirei dentro do ônibus)

Praça da Figueira

Às margens do Rio Tejo

Impressões de Lisboa:

- Tem muita coisa parecida com o Brasil, o céu azul lindo e vivo, a arquitetura (lembra muito o Pelourinho), e a história é claro. Mas notei uma coisa negativa lá em Portugal que também temos muito no Brasil: a desonestidade. Quando eu cheguei em Lisboa e fui pegar um táxi para ir do aeroporto para o hotel, o taxista não ligou o taxímetro e me cobrou mais que o dobro do que a corrida valia. (Eu pesquisei antes e sabia que podia acontecer, mas literalmente resolvi pagar pra ver para ter uma experiência mais completa do país, em termo de pessoas).
- Conheci portugueses muito legais (tanto em Lisboa quanto em Londres. Alô Seu Manuel!), mas também percebi que existem várias pessoas por lá que aqui no Brasil a gente classificaria como grossas e secas. Bem de poucas palavras, sabe? Calor humano só o nosso mesmo.
- Foi especial não só pela relação histórica luso-brasileira, mas por eu ser descendente quase que direta de portugueses. Me identifiquei e me senti feliz!
- O pastel de nata é bom, mas não é maravilhoso como o do Habib's (Meu gosto! Na Europa você sente a base dos doces que é de ovo, diferente daqui que é de leite. Não gosto de sentir gosto de ovo em doce. Ninguém merece, né?)
- É muito legal ouvir a língua portuguesa falada de outra forma (a verdadeira). É tão diferente da gente! É a mesma relação entre o inglês britânico e o inglês americano. Experiência interessantíssima!
- Fiquei com vontade de conhecer mais de Lisboa e mais do país inteiro. Quero muito voltar logo!

Mosteiro dos Jerónimos
Obrigada, Portugal! Espero voltar em breve.

Para acompanhar mais sobre as viagens e conteúdo é só ir no meu Instagram @alissamagalhaes

Beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário